sexta-feira, fevereiro 26, 2010

CADA COISA EM SEU LUGAR


O domínio que o homem não tem. Apreciar e respeitar. Não precisa tocar. Muito menos domesticar. Um desafio bruto e burro. O instinto que extingue a razão. Natural da criação.

8 comentários:

Hod disse...

Burrice se paga á vista e na hora, nesse caso pagou com apropria vida.
Nunca o clichê foi tão válido, Arrogância quando não aleja mata!! Reespreitar a Natureza é essencial a alma e mantém vivo o corpo.

Forte abraço Selena.

Alôha.

Hod.

Lina Faria disse...

Pura verdade, querida Selena.
Indo para o populacho:
ado, ado, cada um no seu quadrado!

expressodalinha disse...

A natureza tem muita força!

Selena Sartorelo disse...

Olá Hod,

Obrigada pelo intenso e exato comentário.

beijos,

Olá Lina,
Obrigada pelo carinho, me senti abraçada por uma amiga que não via faz tempo, mas voltando ao texto fico abismada com a nossa capacidade de achar que os irracionais são eles. Que a superiodade consiste em dominar ou exterminar o que não conhece apenas por ser diferente.

beijos,

Olá Jorge,

E somos a sua maior prova.

beijos,

Ángel disse...

Que captura tan magistral!!!. Excelente, la has captado al “vuelo”
Un abrazo

Luísa disse...

"Natural da criação"...controlado pela educação? Daí poder apreciar sem tocar...olhar sem estragar...
Jamais teremos desculpa pois nascemos tábua rasa mas moldamo-nos ao mundo que nos recebe.
Beijinho terno

myra disse...

sim, mas ja estragamos tantas coisas...serà que vai ter remdio?
linda foto lindas e verdadeiras palavras,beijos minha querida Selena

Hellag disse...

há quem ainda não saiba(!?) mas quando se domina e domestica, perde-se sempre quem queremos dominar e domesticar. sempre, mais cedo ou mais tarde mas é inevitável...o ciclo é o contrário...liberta-se para se ter sempre!
:)