quarta-feira, outubro 21, 2009

ACIDEZ - UMA CONFISSÃO PRÁ RÊ

Pensamento do dia, ou frase de pára-choque de caminhão se preferir.

“ A boa energia não pode ser confundida com falsidade e hipocrisia.
Como também não se pode confundir sinceridade com grosseria, tudo é uma questão de diplomacia e educação, não podendo desconsiderar o grau de evolução. Sempre uma questão de opção.”

Como eu sou? Estou respeitando as tuas palavras e a tua vontade, não estou com raiva, apenas acho que preciso pensar sobre isso que me disse e se estou distante era com essa intenção. Eu estou assim...
Não quero me afastar, nunca me afastei de você...apenas prefiro ficar longe quando não estou bem.
Se enquanto você lê essas palavras com dureza eu ás escrevo chorando...
Será que eu saberia não ser esquisita...sempre pensei que fosse normal..já me chamaram de um monte de nomes, agora esquisita foi a melhor definição que tive.
Sua tonta eu não queria que me visse mal..não queria que ninguém me visse mal...hoje estou melhor, ontem aconteceram coisas legais...auto-estima baixa é uma merda sabia. Pronto era isso que eu precisava..falei..desci...é dificil vc sabe disso.

26 comentários:

angela disse...

Dificil palpitar na conversa alheia, ainda mais quando não se sabe do que se trata.
Vou ficar pelas bordas.
Estas baixas de auto-estima que nos acomete de vez enquando são duras, mas só acontece com quem tem auto crítica e estima pelos outros. São importantes pra gente não virar o rei da cocada e congeneres. Só não ode acontecer demais senão nos massacra.
Seu texto é sempre tão bom. Gosto muito da musica de suas palavras.
beijos

Selena Sartorelo disse...

Olá Angela..Ha!Ha!Ha! Adorei sua resposta.
beijos

Selena Sartorelo disse...

corrigindo...teu comentário.

Chica disse...

Puxa...Mas às vezes nos tiram do sério.Não imagino pra quem , nem o motivo, mas deste o recado.beijos,chica

João Menéres disse...

POIS !!!

Espero que o recadinho não esteja para mim direccionado...

E, ainda por cima, no dia em que escolhi visitar-te com todo o carinho...
-Não! Não é para mim, pois não?
Mas que até me assustaste...

SELENA querida: Se é para mim, DIZ LOGO, LOGO!
Não suporto ficar na dúvida, sabes bem.

Um beijo.

Selena Sartorelo disse...

Meus queridos amigos...não viram que é uma confissão..um texto com emoção..nem é pessoal nem literal, apenas sentido..

beijos...João Jamais..beijos

entremares disse...

Ah, Selena...

Como disse aquele poeta?

"O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração."


Pronto, está bem. Nem vou pretender
comparar nada...

Beijos.
Rolando

Selena Sartorelo disse...

Olá Rolando...Sim não é atoa que ele é poeta rsrsr!!!Não tenho nem pretendo ser comparada a tal...mas que faz bem pensamentos tais, ah! isso faz.

beijos,

Luísa disse...

Estive "out"!
Confesso-me desconectada e não reconheço nestas tiradas!Recado dado, tudo bem!
Mas tão bem dado há pouco quem!
Espero que a carapuça não tenha servido a ninguém!

Beijinho terno!
És fantástica!

Ángel Corrochano disse...

Hay momento en la vida que la rabia está justificada ... lo peor siempre será llorar de impotencia

Un abrazo

Regina d'Ávila disse...

Querida Selena,

Entro aqui, com todo cuidado para não me machucar, pois peguei “o bonde andando” e nem sei qual seu caminho.
Mas, claro, fui ao Tio Aurélio ver todos os significados para “esquisita” e confesso, queria para mim também, pois vejamos, esquisita é igual a excêntrica, extravagante, apurada, elegante, exímia e rara.
Você..simplesmente, maravilhosa!!

Super beijos amiga,
Regina d’Ávila.

Selena Sartorelo disse...

Olá Luísa, Sim, percebi tua ausência, que bom que voltou logo.
Tem toda razão não é uma recado é um sentimento constatado e para mais ninguem além de mim direcionado.

beijos minha querida amiga.

Olá Regina...Não venha com tanto receio, sabe que de tudo um pouco pode encontrar, mas conhece bem o real expressar, e é com esses olhos que tão bem sabe tudo exergar.

Obrigada , acho que falta muito disso que fez, se soubermos de fato essa significação tudo fica melhor. Grandes e sinceros beijos

Selena Sartorelo disse...

OLá Ángel,

Não existe raiva nem impotência...são malefícios equivocados pela Dona ignorância que tenta desgraçadamente contaminar o bem sentir, disvirtuando seu verdadeiros sentidos e significação. É preciso muito atenção e com um sentimento maior combater com seriedade e compreensão essa absoluta falta de evolução. Tentar na mesmice e simplicidade de estar, ser.

beijos meu estimado amigo.

Selena Sartorelo disse...

Erro tudo bem mas "dis" é demais..perdão, estava desvirtuada com a inspiração.

Lunna disse...

Então duas pessoas dizem o que pensam, o que sentem. Será que alguém se ofendeu??? rs
Beijos

Selena Sartorelo disse...

Olá Lunna.

Em abosoluto, uma das vantagens de se tornar adulto é essa. Você pode ter opiniões, tua tribo existe ela só é diferente em seus elementos. Não tem efeito manada, tem respeito. E quando se percebe isso, as coisas ficam bem mais simples do que pareciam enquanto tentava mudar o mundo mas não sabia quem era e nem o que faria com essa mudança rsrsr!!! Só posso falar daquilo que sinto, não sei se entender sem sentir tem o mesmo peso, entende..opssss quero dizer senti?

beijos

Sandra disse...

BOM DIA!!!
HOJE TEM MARRECO RECHEADO, STRUDEL, JOELHO DE PORCO, E MUITO CHOPP.
VENHA DEGUSTAR ESTE PRAZER.


VENHA COMIGO PARA ESTE CANTINHO DA GASTRONOMIA BRASILEIRA.
CLARO QUE É AQUI DE JARAGUÁ DO SUL, SC- BRASIL.
O NOSSO BRASIL É MUITO RICO EM GASTRONOMIA. MAS VOU FALAR DE JARAGUÁ DO SUL E DE UM DELES.
ENTÃO VEM, TE ESPERO.

http://sandrarandrade7.blogspot.com/

VAI SER MUITO BOM TER A SUA COMPANHIA AQUI.
SEJAM TODOS BEM VINDOS.

PARA DEIXAR O SEU COMENTÁRIO, O ENDEREÇO DA ALDEIA É:


http://aldeiadaminhavida.blogspot.com/2009/10/o-maravilhoso-parque-de-jaragua-do-sul.html#comment-form

QUALQER DUVIDA É SÓ VIM ATÉ O BLOG E CLICAR.. VOCÊ ACESSA DIRETO PARA POSTAR O SEU COMENTÁRIO.
MUITO OBRIGADA DESDE JÁ.
SANDRA

João Menéres disse...

Parei aqui, Fui espreitar como tratas os garranos.
Estão saudáveis, bem vejo.

Beijos.

Selena Sartorelo disse...

Olá Sandra, acho que faltou você para eu responder...já havia lido seu recado, mas não tinha tempo hábil para respondê-lo estive fora esses dias não podendo atender o seu tão gentil convite.

Quanto a blogagem coletiva, eu penso não ter muitas razões para voltar a lê-la, por isso espero que compreenda eu não poder fazer algum comentário sobre o seu texto nela postado.Mas agradeço sua lembrança com o convite feito.

abraços,
Selena

Selena Sartorelo disse...

Olá João, chegaste ainda pouco, saí após responder ao último comentário que recebi e agora que votei tenho a grata surpresa de te ver por aqui.

Sabe que enquanto o escrevia lembrei-me de você, pois reescrevi de certa e a minha maneira algumas palavras que em seu blog li. E confesso saí de lá a rir...Não há deboche nessa risada, por favor não me entenda mal, apenas sorria por tua elegância e soberania de como nos recebe...uma individualidade por respeito e sentimento... mas que naquele momento pensava como é bom ver pessoas que sabem com tanta sabedoria viver. Espero não deixá-lo incomodado com elogios, mas preciso fazê-los pois sou agraciada por tantos todos os dias e creio nunca tê-los agradecido como devia. Uma coisa que leva a outra e me faz lembrar que preciso recolher os garranos, parece que a noite vai esfriar.

Beijos meu querido amigo João.

Papagaio Mudo disse...

oi Selena,

Estou tentando responder, mas só que não entendi a pergunta. Digo já de princípio, que não comungo com as ideias ultrapassadas do senhor Ferreira Gullar. Parece-me que sente grande nostalgia de alguma época passada se nega a "viver" a contemporaneidade- a qual chamamos de pós-modernidade, esse momento lindo de renovação, que não sentimos assim como os renascentistas não sabiam que aquele período seria chamado de Renascença. Certa vez uma moça entrou no meu blog é disse "mas afinal, o que é essa tl de pós-modernidade que todo mundo diz mas niguém sabe o quê é" (algo assim).
Primeiramente respondi que o mais importante é que ela deveria buscar saber por si mesma, ou invés de tentar "deduzir" em cima de conversas informais. Simplificadamente, a pós-modernidade é apenas um termo para definir um momento histórico. As características que definem esse momento, "são outros quinhentos". Ex. o celular, a internet (world-wide-web) o uso de taismeios de comunicação geraram mudanças comportamentais, e são base de análise para a linguística, a semiotica, a neurologia, etc.
O senhor Ferreira Gullar, concedeu uma entrevista a revista Época (a Focus, nome internacional) dizendo ser contra a luta anti-manicomial. Justo ele, cujo filho é esquizofrênico. A entrevista é realmente revoltante. "O Poema Sujo" de Ferreira, que contém 64 páginas, cujo conteúdo de protesto que reinvindica a genuinidade de uma nação brasileira, a legítimidade da cultura noderdetisna (principalmente maranhense, onde ele nasceu). Todas essas manifestaçõe se perderam nesse novo discurso obsoleto. Um olhar antiguado sobre as coisas, inclusive as donas-de-casa, inclusive os blogs. Tornou-se apenas um polemizador, e não está à altura dos filósofos contemporâneos e integralistas, Edgar Morin, Michel Serres, Jean Baudrilad, e pós-modernos Jacques Derrida, Michael Foucalt (-que é um pouco mais velho, mas pertence a mesma geração), Giles Deleuze (e Felix Gatari), Piére Levy...
Reafirmo: Ferreira Gullar é apenas um polemizador que não enxerga "soluções" (que seriam os Conceitos) e nem sequer sabe formular o Problema. Ou seja, a opinião desse senhor tornou-se meramente circense.
Não sei se respondi sua pergunta ou se escrevi um tratado. De qualquer forma Selena, não digo tais coisas para me desculpar. Se quiseres saber o meu posicionamento quanto a esse "dilúvio" que informações (poesias de dona-de-casa, etc.) gerado pela pós-modernidade e seu fluxo intermitente, é só me perguntar!
Abraço fraterno,

Gustavo

ps: vejo que você deve ser dona de casa, são tantas as questões... o que você acha da sexualidade entre homem/mulher nos dias de hoje? existe rivalidade? o que você pensa? é uma ofensa ser dona-de-casa hoje em dia... eu sou 'pro' donas-de-casa. Minha mãe o é, além (infelizmente, não sei, "além" -"depois de") ser também psicóloga e pintora.

Papagaio Mudo disse...

pode ir até o Papagaio Mudo me reponder?

abç


Gus

Papagaio Mudo disse...

"além" na língua alemã (língua materna da minha mãe) tem sentido de "à frente", "acima", "sobre"

Selena Sartorelo disse...

Olá Gustavo,

Obrigado por essa aula de conhecimento em sua resposta.

Compartilho da mesma opinião sobre o sr Ferreira Gullar por isso mesmo perguntei a você sobre a frase que usou pois deu-me a impressão que compartilhava das idéias dele uma vez que as usou na íntegra e sem interferências pessoais. Mas creio que fiz muito bem em perguntar.

Sim irei com muito prazer, obrigada pelo convite.

abraços,

Aqui no Brasil "além" também tem esse significado. E eu como sua mãe também tenho outras ocupações e atividades além de ser dona-de-casa.

abraços,

Papagaio Mudo disse...

Selena,

obrigado pelas comunicações! desculpa se gerei má impressão a princípio. Você é uma dona-de-casa mto bonita (me perdoem os homens da sua vida; pai, filho, marido, irmãos rsrs;)
abraço,

Gustavo

ps: como se chama esse moleque bonito que você tá abraçando? parece que você gosta muito dele.

Selena Sartorelo disse...

Olá Gustavo,

Fico feliz que somos adultos e por tanto temos maturidade para conversarmos como tal. Obrigada pelo elogio, bonita nem tanto, dona-de-casa uma circunstância que só abdico quando a profissão chama.Os homens da minha vida certamente ficaram felizes em saber que sou elogiada. E esse moleque é o meu querido filho, meu primogênito..o nome dele é o mesmo que o seu...chama-se Gustavo e carinhosamento os chamo de "Gusta"

abraços,