quarta-feira, agosto 12, 2009

Mulheres com cestos de flores...

Encontrei essa foto no Google. Lembro que estava vendo imagens de temas que gosto, e no meio desse caminho eu encontrei essa foto. Imediatamente a salvei, mas por descuido continuei minhas pesquisas e não sei mais onde foi que a encontrei. Mas agradeço por poder vê-la e exibí-la.

Consta nos comentários:

A fotografia é de portuguesas, sim e foi tirada em 1956 pelo fotógrafo Edouard Boubat, é muito famosa e encontra-se em exposição permanente na galeria " Vintage Photographs " em Londres.

Obrigada Rolando (blog entremares)
fotógrafo: Edouard Boubat


Reza a lenda que as senhoras nobres ficaram por um tempo inestimado a supor de onde vinha o andar tão altivo que as floristas conseguiam desempenhar, parecia que bailavam pelas ruas mal cascadas da aldeia onde moravam .
Ficaram ainda mais intrigadas quando perceberam que as lavadeiras tinham também a mesma altivez no andar.
Chegaram a óbvia e evidente conclusão que eram por conta do peso que levavam nas cabeças, fosse lá os grandes cestos de flores ou tanto as pesadas trouxas de roupas.
Então imaginaram que alcançariam tal elegância no andar se pusessem um peso sobre a cabeça e optaram por um objeto que lhes desse tal equilíbrio, e entre todos os testados , os livro foi o que melhor se encaixou nesse desejo.
Notou –se com o passar dos tempos que as mulheres nobres tinham transformado seus andares e algo ainda não identificado porém comum era notado.

Mas não felizes ainda com o resultado, ficaram as mulheres nobres na tentativa de descobrir o que faltava nesse andar que elas tão gloriosamente tinham descoberto. E foi quando notaram que as feirantes e as vendedoras ambulantes também andavam daquela maneira tão especial.
E claro, seguiram para a mesma conclusão, e que era por conta do peso que seus braços carregavam, fosse com caixas ou baldes. Isso dava á elas, a mesma soberba ao andarem.

Pois bem, outro objeto lhes foi adendado e louvavelmente atribuídos as aulas de etiqueta.

Um dia porém ao voltarem de um passeio que fizeram ao mercado, as mulheres nobres confrontaram-se com as damas da cidade, que envolviam-se com os homens casados destruindo e arrasando corações possuídos com tanta solidão.
Essas mulheres eram fogosas e coloridas, seus sorrisos inundavam os ouvidos de quem perto delas passassem.
Mas nelas também foi notado um andar diferente.
Reza a lenda que todas essas mulheres eram nobres mulheres.

13 comentários:

angela disse...

Linda imagem, fez bem posta-la.
abraços

Chica disse...

Muito legal e bem sugestiva essa imagem!beijos,chica

tertulías disse...

Que coisa mais linda... Nao parecem umas portuguesas, umas "saloias" de Trás-dos-Montes (Estou falando sério!). Lindo Blog!!!!
Ricardo

Georgia disse...

Lindas imagens.

Um beijo grande

Ví Leardi disse...

Selena, fosse em cores poderia ser uma pintura...Um poema ..Serão portuguesas?

Grande beijo

Selena Sartorelo disse...

OLá,

Angêla,
Chica,
Ricardo,
Georgia,


Fico feliz que tenham gostado, também acho essa foto poética...penso que possam ser portuguesas , mas tentei novamente encontrar o autor delas mas ainda não consegui, mas também não desisti.

beijos e obrigada a todos pela visita.

Maria Augusta disse...

Impressionante como elas equilibram os cestos de flores...me fazem lembrar das "lavandeiras" que equilibravam as latas d'água. Eu também diria que são portuguesas...A textura da foto da mesmo a impressão que é uma pintura, é muito poética.
Um grande beijo.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Lindo amiga, beleza e arte. desculpe se sumi, tive meus motivos.
beijos, apareça

entremares disse...

Oi, minha amiga... acho que posso ajudar você.

A fotografia é de portuguesas, sim e foi tirada em 1956 pelo fotógrafo Edouard Boubat, é muito famosa e encontra-se em exposição permanente na galeria " Vintage Photographs " em Londres.

Um óptimo fim de semana para você.
Beijos.
Rolando

Selena Sartorelo disse...

Obrigada entremares, já estou dando os merecidos créditos.

beijos e adorei saber.

Luísa disse...

Parecem mais mulheres de Rio Maior, onde a festa das flores impera na vila há já muito e longos anos!
Essas mulheres hoje Têm problemas sérios de coluna, não?
Mas andar eclético elas tinham...sem concorrência nobre!
Beijinhos!

Big clash disse...

Olá querida,
passe pelo Fuxucamarimbondo, há uma indicação ao selo Masterblog pra você.
Abraços.

myra disse...

passei te dar um beijo, e vejo esta foto, e fiquei contente porque conheci este fotografo la no Mexico, onde eu morei, em Xalapa, est. de Veracruz!!!!