sábado, agosto 29, 2009

COMENTÁRIO SOBRE BLOGS E BLOGUEIROS


Em defesa do blog inteligente, cultural diverso e democrático.
Novas tendências, novas ferramentas.
Sou ainda nova nesse universo e de tanto repetir isso já me sinto velha.
Aqui entre blogs e blogs fui filiando-me aos que gosto mais de ler, claro que no início cometi alguns erros mais, tanto que já exclui muitos dos que seguia, mas sempre aparece algum novo para ler.
Essa é uma opção do blogueiro. Meio conservadora ou preguiçosa não sei, até com certeza desinformada tenho resistência em tentar outros meios.Quando procurei esse espaço..não era para bater papo apenas, muito menos ver pessoas que pensassem igual, queria semelhanças de gostos com opiniões diversas...para discussões e conversas que aprecio. Pensava em aprender e conhecer as culturas que se diversificam por aqui. Depois veio Twitter e tantos outros, virou carne de vaca...os tais efeitos manada..todo mundo quer ser lido e ser visto, ter a última novidade da vida alheia...não suporto isso, de verdade não simpatizo. Mantenho o orkut por conta de amigos de trabalho, familia..mas lá eu convivo aqui eu aprendo.
Lembro sempre quando entendia o blog como algo voltado para crescimento, cultura.
De verdade, sem sêlos e melosidades. Não sou contra selos e elogios de maneira alguma, recebi vários e todos foram são muito bem vindos, mas tem alguns blogs ou blogueiros que tem só essa definição. Tive muita sorte e acredito que visão, pois meus amigos virtuais não desperdiçam seu tempo e nem o meu com equivoco de esse é meu diário. Aqui são expostas opiniões pessoais sim, mas com sinceridade , respeito e educação, não tem fofoca nem diz que me diz.Um grupo de pessoas que querem como diz o estadão mais conhecimento do que informação. Mas pelo visto vou acabar ficando sozinha aqui, de qualquer maneira, tenho muito ainda o que ler, filtrar, peneirar, gostar e adotar e claro deletar e ser deletada também. Uma democracia adulta, não elitizada. Se quero ouvir o quero ouvir então vou para outro lugar, aqui somos sérios e independentes em opiniões e pensamentos sem tendências, sem regras absolutas, apenas as que se formam naturalmente. Desafios múltiplos, variados. Às vezes fica chato, mas tem sempre um sítio que nos tira da mesmice. Tem o super bem humorado,o político, o chato, o romântico, o poeta, o culto e o engraçado ,e todos juntos também.Enfim vou ficando por aqui até quando der e a preguiça não me deter e encontrar lugares com essas e mais intenções por que não também.
comentário do Varal.

36 comentários:

Carmem disse...

Selena!...
Concordo com cada palavra que colocaste aqui...
Bom seria se pudesse colocar este post no meu Blog...Pois é a mais pura verdade em cada palavra...
Se me permitir...me avisa que eu farei minha tuas palavras...claro, com os devidos créditos ao teu blog.
Muito bem escrito!...Gostei de verdade!

Grande beijo

angela disse...

Selena
Penso que de algum modo este teu desbafo se refere ao selo que lhe ofertei. Sinto te-la aborrecido, mas já que estamos aqui vou partilhar meus pensamentos. Cuidei de ver se tinha selos no seu blog, neste meu curto tempo de blogueira já descobri que tem quem não os aprecie, como tinha ...mandei.
Não aprecio muito essas divisões de inteligentes, burros, cafonas, finos, brancos ou pretos, retribuo a gentileza que recebo, leio blogs que pensam muito diferente de mim, mas acho bom conhecer outros modos de pensar.
Entrei para este espaço por que queria escrever e ser lida, por necessidade interna. Prefiro mil vezes um comentário atento a qualquer elogio ou premio. Entretanto entendo que além da gentileza do cumprimento, inerente ao selo, existe a divulgação do site o que me interessa. Escrevo para ser lida, senão deixava em qualquer caderninho e para aprender mais prefiro ler. Agora este universo blogueiro tem sido uma surpresa e tem me ofertado coisas que não estavam em minha mente quando vim para ca e apesar do trabalho acho que tem valido a pena.
Sem ressentimentos com toda certeza pode NÂO pegar os selos, juro que não me aborreço, só me aborreço por te-la aborrecido.
Beijos

tertulías disse...

Que maravilha de Blog....

Chica disse...

è um post interessante e desabafo sincero. Fico feliz de ser lembrada ao receber um selo, mas confesso, isso não é o principal pra mim, nem tempo tenho para isso. beijos,chica

Eduardo P.L disse...

Gostei MUITO do seu comentario e agora do seu post! Concordo com o centro da questão, e com as periferias também!

Bjs e muito obrigado por TUDO!

Selena Sartorelo disse...

Olá Carmen, pode usar todas ou quantas das palavras quiser, não preocupe-se com créditos, sçao pensamentos semelhantes isso é o que importa.
Obrigada e beijos,

Olá Angela, de maneira nenhuma refiri-me a você..oferecer selos a quem gostamos por sentimentos ou merecimentos não é o caso a que citei...teu blog vai além de apenas criar e selos.

beijos e obrigada.


Olá Ricardo, Vamos nos manter se for para ser, apenas se não ok.

beijos,

Olá Chica,
É mais ou menos por aí sim.
beijos


Olá Eduardo, Postei pois a resposta era mais ampla então usei do comentário para expressar.
obrigada e beijos,

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

Olá SELENA, visitei s/blog p/ indicação e p/ tratar-se tb de uma profissional da Imprensa. Causa-me espécie, vc como formadora de opinião, desconheder e surpreender-se c/ a grande rede, e q/a "internet" seja uma grande salada. A miscigenação é ampla, geral e irrestrita. E não poderia ser diferente, em se tratando de Brasil, um país c/ dimensões continentais,c/ pluralidade de cultura e educação abaixo do aceitável.S/cometário,deveras deixou-me espantado. Eletismos não cabem mais no Brasil. Respeitosamente, Roy Lacerda(www.momentobrasilcom.blogspot.com)

Ana Martins disse...

Olá Selena,
depois de ler o seu post e reflectir sobre ele, devo dizer-lhe que penso que isto dos selos é engraçado e serve para demonstrar a amizade e simpatia que nutrimos por alguns blogues em especial.

Agora penso que quem tem um blogue, tem também por objectivo ler e ser lido, caso contrário não tornaria os seus escritos públicos.

Em relação aos amigos da blogosfera, são como os da vida real, às vezes pensamos que são verdadeiros e um dia chega a desilusão.

Enfim é como tudo na vida!

Beijinhos,
Ana Martins

angela disse...

Oi Selena
Os selos são seus, eu os dei a você.
abraço
Angela

Selena Sartorelo disse...

Olá Roy,

Perdoe-me mas não sou formadora de opinião. Sei do grande leque que a internet nos oferece, respeito toda essa diversificação...mas na verdade não sou conhecedora dela.
Gosto dos blogs, pois aqui leio, aprendo, comento com a opinião que tenho sempre sendo e respeitando tantos artistas e pessoas inteligentes e com opiniões pertinentes que dizem melhor e mais do que outros veículos que conheço. Não gosto de nichos nem de grupos fechados, se observar meu blog não tem moderador de comentários e respeito todas as opiniões pois o interessante é saber e poder conversar sobre elas sem necessariamente ter que concordar ou descordar...Os textos ou postagens que não me agradam eu não frequento simples assim e os que frequento é porque de fato me interessam e muitos eu discordo, pois acredito que estamos sujeitos e esperamos todas as opiniões, não preciso agradar ninguém e sair distribuindo elogios gratuitos, acho que um bom diálogo só tem o que acrescentar em nossas vidas mesmo que não sejam nos termos lindo e parabéns o tempo todo, prefiro um crítica por ter sido lida do que um elogio vazio. Meu texto na verdade foi um comentário feito no varal de idéias lugar que podemos concordar e discordar alguma coisa entre a atualidade e modernidade democrática, sempre com respeito evidentemente, e resolvi trazer esse comentário para cá, pois sei que muitas pessoas defendem a qualidade e bom conteúdo dos blogs.

Obrigada pelo comentário e espero ter sido clara e nunca grosseira.
Seja sempre bem vindo concordando ou não.

Olá Ana Martins,

Como pode observar tenho vários selos em meu blog os quais me sinto muito agradecida por ter sido lembrada e sempre os retribuo e ofereço também. Não trata-se de oferecer ou criar selos, mas sim da banalização desses, pois para tudo tem um selo e perde-se a importância de quem recebe e de quem os cria. Sempre é muito bom ser reconhecido e presenteado, mas com razões obviamente.

Infelizmente quando postei esse comentário acabei sendo muito indelicada com um blog que leio, comento e respeito muito os comentários que recebo dele, pois não trata-se de um blog sem contéudo muito ao contrário e aproveito para pedir desculpas a Angela pois em momento algum me referi aos selos que ela me ofereceu não tinha visto.

Entendo que a blogosfera precisa continuar sendo levada á sério...e como na vida real devemos ser o melhor que entendemos, mas ressalto que aqui nossos valores e opiniões são expostos com mais clareza eu acho.

Obrigada por comentar e seja bem vinda também.

tonhOliveira disse...

Blogo também
por necessidade terapêutica!

Conteúdo = energia e motivação.

Obrigado Selena,
pela parte que me cabe neste "latifúndio"...

Beijos!

.Lis disse...

Selena,
Li seu comentário no "Varal" e como sou leitora também da "Entremeios", dei uma chegadinha pra completar meu pensamento sobre a questao de blogs inteligentes, diversos e democráticos,como voces os definiu. Nessa imensidade de blogs que prolifera a cada instante,cabe a cada um navegar na procura de blogs voltados pra "crescimento,cultura" e o que mais quiser.Tem pra todos os gostos!Só nao cabe é preconceituar àqueles que fazem disso um diário ou uma fábrica de selinhos.Há mar pra todos!e a gente procura a faixa de areia que nos convém e deixa o barco seguir.
No meu caso nem considero que tenho um "blog", encontrei mais uma forma de como tantos outros, me entreter apenas,sem compromisso e como nao sei escrever mas gosto muito de ler e adoro poesias , transcrevo as que me tocam mais, faço amigos virtuais e ponto.Sem neuras de querer ser inteligente, culta ou ter grandes conhecimentos. No máximo, bater bons papos ,com pessoas normais,e tenho me dado bem . Acho que voce também.
Desculpe, escrevi muito.
Abraços

Selena Sartorelo disse...

Êita Tonho!!!!!!!
De sincera intenção
De arte e criação.

Imagem pensada
Palavra desenhada
É pura inspiração
Estância com de grande visão.

beijos e obrigada pela participação.

Olá Lis,

É isso mesmo menina, não precisa ser assim ou assado, é uma questão de escolha, cada um lê o quer e entende o que quizer.
Tenho um blog com pensamentos e motivos semelhantes aos teus, apenas isso.

Obrigada por comentar e seja bem vinda.
beijos,

entremares disse...

Oi, Selena...

Conhece aquele ditado muito antigo que diz: “ Diz-me que blogs lês, dir-te-ei quem és.” ? Conhece?
Pois... claro que não, eu sei, troquei só as palavras... mas deu para passar a mensagem.
A blogosfera é aquilo que a gente quiser; uma coisa chata, uma coisa maravilhosa, o tédio absoluto, o jardim das delicias.
Aqui tenho descoberto pessoas fascinantes, independentemente do nome que tenham, do sexo, da religião, raça ou idade. São só pessoas, sôfregas de aprender e partilhar, trocando experiências, opiniões, mobilizando-se por causas, de tudo um pouco.

Às vezes imagino-me na praia, olhando para as pedrinhas molhadas junto à agua, reluzentes. Todas são lindas, tudo é novidade, o sol fá-las brilhar por igual. Depois a água seca, a novidade evapora-se... e só fica o conteúdo, aquele encanto natural que umas têm... e outra não.
Como tudo na vida, e a blogosfera também é parte da vida.

Mais palavras para quê?
Afinal de contas... o mundo é isto mesmo, não é?
Possibilidades...

Beijos.
Rolando

Licínio Filho disse...

Oi Selena,
os comentários postados até agora só confirmam sua postagem, as pessoas quew aqui comentaram também compartilham do mesmo pensamento, em dado momento divergem, que barato que é assim.
Como você bem sabe, recebo e distribuo selos, conforme rituais pré-estabelecidos.Porém,ao invés de tratar esta situação como uma daquelas correntes que não podem ser quebradas, busco na lembrança os blogs que me tocam por diversos motivos.Não tome este comentário como uma justificativa, pois não quero alimentar a polêmica já criada...rsrsrs...venho ler suas postagens por que gosto, foge ao lugar comum.Mas uma coisa posso lhe garantir, se eu receber um novo selo e o título dele me lembra seu blog, já sabe,né?...rsrsrs....
Viva a inteligência! Viva a diversidade!
Abração.

Selena Sartorelo disse...

Olá Rolando,
Somos assim, possíveis também, entre umas e outras podemos apenas ser, desse jeito e de jeito nenhum, sem culpa, nem obrigação esse é um mundo de opções onde o que permanece e o que prevalece é o teu o meu querer, sem rótulos com qualquer cor, basta você querer, gostar ou não, eu naturalmente respeito a qualquer que seja a opção.
Complicar para quê.

Obrigada Rolando, sabe como ninguém contar e explicar um momento e um pensamento.
beijos,

Olá Licínio, sei que sabe o que falo e o que defendo sem defender nada nem ninguém, sou assim não vou mais explicar estou sem querer ou não agradar...teus selos são sempre bem vindos simplesmente por terem um porque e um de onde vem.
Com razão e intenção. E nem é essa a questão. Falo dos nossos espaços e com eles ou sem eles precisam ser bons, inteligentes ou não, mas verdadeiros e sentidos por intenção, não sou canditada e não concorro a nenhuma eleição, já disse tantas vezes que só tenho a melhot intenção. Não tenho mais que dar nenhuma explicação e você como muitos entende de opinião e essa é que vale qualquer questão.

beijos meu querido amigo e que Pitangui esteja cada vez mais bonita pois é o que vejo por aqui.

BETH ANAND disse...

Oi,querida Selena
Perdoe a demora de comentar por aqui!
Achei seu post muito interessante!
Blogar para mim é mais que fazer amigos,que dar e receber elogios.Blogar é uma forma de soltar nossos bichos,de nos colocar diante da vida,de mostrarmos nossa personalidade...como já disseram.é terapêutico!
Quanto aos selos e memes
,o que me incomoda é a obrigatoriedade de repassar,pois gosto de me sentir leve e solta ao escrever.
Adoro vir aqui.Continue a escrever o que lhe dá prazer!
Bjus

Luísa disse...

Selena,
corroboro da sua opinião relativamente à blogosfera.
Acima de tudo, com o máximo de educação, cordialidade, cortesia, devemos dar e receber opinião.
Costumo dizer que ligo e desligo conforme o nível de intervenção.
Na vida real faço o mesmo.Quando não me interessa desvio-me. não fará toda a gente o mesmo?
Julgo que sim...

Parabéns pela frontalidade.Volto a dizer: corroboro palavra a palavra.
Beijinho terno! Boa semana!

Selena Sartorelo disse...

Olá Beth, seja bem vinda e que bom que gostou, relaxa e comente apenas se quiser nada melhor que isso. Vou visitar teu blog e claro farei o mesmo rsrsr!!!

Beijos,
obrigada pelo comentário

Olá Luísa,
Sim acima de tudo respeito, cordialidade e educação, e podemos ser tudo isso sem necessariamente concordar com tudo.
Penso e escrevo sim com a melhor intenção e não mentiria prá ninguém como não pretendo mentir para mim também. E percebo que as opiniões divergem em entendimentos e compreensão o que é natural eu acho. Vejo que como você muitos compreendem, e como de direito também, outros não. Acima de tudo respeito as opiniões e tento apenas expor meus pensamentos sem impor nenhuma situação.
Como sempre uma questão de opção.

Obrigada pelo comentário e é sempre muito bem vinda.

Beijos, e boa semana para você também.

Jurema Cappelletti disse...

Selena, muitos de seus comentários já "rondaram nossa cabeça" e não soubemos exprimir.

Quanto ao efeito moderador, é uma forma de transformar o blog numa coisa estática, onde todos pensam da mesma forma. Nada melhor do transformar os comentários em debate, o que já tentei fazer, sem conseguir. As pessoas colocam suas críticas e não voltam para discutir os argumentos usados em resposta.

Parabéns, Ju


Vou avisar aos nossos amigos blogueiros para que venham ler .

Selena Sartorelo disse...

Olá Jurema, na verdade já tinha respondido, não sei se vou conseguir dizer o que tinha dito, pois sempre esqueço de verificar se o comentário foi de fato exibido...mas vou tentar.

Se alguma coisa rondar, é só perguntar, questionar então poder esclarecer ou confimar o pensar.
Estamos atrás dessa tal democracia, sem grosseria, com ética e opinião formando uma corrente inteligente, não sou erudita, muito menos artista.
Gosto de ouvir o pensar e prá isso exponho o meu dizer, só assim posso aprender.
Todos que aqui vem, creio eu terem a mesma intenção..não se trata de concordar...que chato seria se fosse sempre assim, mas assuntos são para que possamos com ele crescer, evoluir e às vezes nos redimir. Já chega tudo o que temos nesse país que engolir, podemos pensar e dizer como adultos que somos, nada é pessoal mas nem tudo é literal...É essa é a nossa maior e mais poderosa arma se usada em sua verdadeira tradução, a palavra bem dita sem interpretação, tem um poema no varal que elucida bem essa questão.
Falo sério mas com bom humor prá não perder o cléro rsrsr (piada tosca, mas bem intencionada, sou péssima animadora)!!!!!!
Não era bem assim, mas vale esse também....obrigada de novo pela indicação.

beijos e que continuemos a ter cada um uma opinião...sempre digo que as coisas são naturais por serem verdadeiras e reais.

Vamos ver se esse vai.rsrsr

Selena Sartorelo disse...

correção o poema que citei está no Drops Azul Anis S e o copio aqui para quem quiser ler

Poema da mente deficiente

Affonso Romano de Sant`Anna

É um presidente que mente,
Mente de corpo e alma, completa/mente.
E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele mente sincera/mente,

Mas que mente, sobretudo, impune/mente...

Indecente/mente.
E mente tão nacional/mente,
Que acha que mentindo história afora
Vai nos enganar eterna/mente.

Eduardo P.L disse...

Selena,

parabéns pelo sucesso e repercução que esta tendo seu post!
Se pudesse dizer alguma coiswa à Jurema, diria que as pessoas estão mais interessadas em seus próprios blogs que em DEBATER de verdade ideias e conteudos!

Selena Sartorelo disse...

Olá Eduardo...
Obrigada pelo comentário e por tua sensível percepção.

E quanto ao que diria a Jurema eu penso que o importante é isso, é mantermos nossa opinião com respeito, educação, ética e seriedade...para que esse espaço se mantenha sempre com todas as cores que temos. Independente de ser ou ter, mas acredito que pensar e arriscar dizer, ouvir, enfim são as possibilidades que nos são expostas, cabe a nós escolher.
Não existe nesse ou até ouso incluí-lo nesse caso a questão de agradar ou desagradar...como sei pelo entendimento que tenho ou não, escrevo e posto aquilo que acho e sinto ser o momento para tal..ninguém se obriga a nada nunca e procuro saber respeitar e continuar a conversa diferente dos péssimos exemplos que temos nesse país.Como pode perceber cometo meus erros e meus acertos, acho que isso faz parte. A única coisa que peço sempre é o que está escrito nessa caixa. E isso tenho recebido com muita clareza...claro às vezes sinto que fui mal compreendida, mas não desminto o que falo. Como todos que aqui veêm procuro usar da sinceridade como a principal ferramenta.
Ainda tenho muito o que aprender, mas acredite até lá acho que muita água vai correr.
Um adendo que não consigo evitar..toda vez que ouço uma frase feita ou um ditado popular lembro de você e acabo dando boas risadas...em algum momento ou conversas por aí te associei a elas...Olha só o que não dá um simples comentário.
Vixi!!! deixa eu parar por aqui.

beijos e de novo obrigada, sabe que tua opinião é respeita em particularidade, pois se estou aqui ainda te responsabilizo por isso...da melhor maneira possível é claro.

Quase Blog da Li disse...

Selena,
acredito que o pensamento voa
as idéias se encontram
se materializam
tomam forma.
De uns tempos pra cá o "blog" tem ocupado minha cabeça com muitas indagações...
Ele já foi "uma via de mão dupla"
agora
"esperava que fosse uma via de mão dupla"
Esta sua pertinente reflexão, de alguma maneira, veio de encontro as minhas questões.
Vc deu forma (com perfeito domínio de palavras) a algumas idéias que penso acerca do blog e isso é muito bom; sinal que não estou sózinha.
O debate aqui é esclarecedor; vitrine de pensamentos; é ótimo!
Continuo observando,
continuo com dúvidas
e tb aprendi que o tempo mostra;
mostra a
cara,
a coroa,
o jogo,
a lição,
a seleção,
os números dos dados,
as "Possibilidades".
Muitas vezes me é necessário
estar "ausente" pra tentar entender tudo isso (que não é pouco, é muito louco)...
Mesmo pq o meu blog é
Quase um blog...
obrigada
beijo
li

Selena Sartorelo disse...

Olá Li,

Penso assim como você, acho que o pensar se materializa caminhando e voando por nossas cabeças, cada qual com intensidades diferentes sem ser melhor ou pior, menos ou mais, apenas diferente, mas de certa forma na mesma sintônia frequente.
Aqui temos uma excelente ferramenta para sermos indivíduos pensantes de fato, uma oportunidade que não pode e não deve ser equivocada.
Praticamos gentilezas, sinceridade com dignidade, discordamos e concordamos,trocamos conhecimentos de vidas e de culturas, de histórias passadas e com a criação das nossas vividas estórias...transformamos nossos sentimentos de uma maneira inteligente e positiva, temos tempo prá entender melhor o que é dito sem compromisso de simplesmente dizer sim ou não, as porque não o não sei também, pelo habito comum de ser...pensamos mais. Adoro as descobertas que faço..tanto quando leio um fato real da história, um poema,um conto, uma sugestão, gosto das diversas opiniões que ouço e tento respeitar conforme a minha compreensão. Nada é absoluto, é simplesmente dito com o direito que temos de pensar por conta e risco. Gosto de novidades, adoro saber sobre as modernidades que o tecnologia nos apresenta. Os caminhos que arte nos leva.
Como aqui nesse blog que só faço escrever, sem muito passar além do meu próprio viver.
Somos possíveis sem os limites estabelecidos por isso ou aquilo, não precisamos ser rotulados, nem fakes. Cada um pode escolher a quem ler com o devido direito e educação de dizer o que pensa sobre os assuntos apresentados.
Vejo o quanto sou capaz de seguir ou voltar atrás em questões que pensava saber e achava conhecer.
Errar, acertar sem neuras nem paranóias apenas assim. Cada um com um jeito diferente de gostar.
O que mais me fascina é o ato de pensar. Um excercício que precisa ser praticado sempre.
Evoluir ou regredir uma questão de escolha e do que entendemos que isso significa.
Sabe aquela história de uma pouco de cada coisa e coisa nenhuma de tudo. Enfim se me empolgo, socorro, falo mais que o homem da cobra. Se é certo eu não sei, se é errado me diga o porque,gosto de ouvir, mas na verdade falo por mim, a exposição do que gosto no que escrevo ou posto é o risco que corro sempre com aquilo que acredito ser aqui e na vida real que tenho.
Às vezes pensar com seriedade não é sinonimo de mal humor e nem de contrariedade né não?

Obrigada pelo teu texto comentado.
Beijos

Nota: depois conte sobre a viagem que fez, tenho certeza que tem muita coisa boa prá criar sobre isso.

Ví Leardi disse...

Selena querida...sem tempo,tenho visitado pouco os que muito aprecio como vc...saio encantada com esta tua nova iniciativa mais um ganho para todos os que te frequentam..Parabéns,já é sucesso certo!
Só hoje realizei que ainda não havia te colocado nos meus links favoritos...no excuse! mas já está lá´,para que os que não te conhecem possam aqui chegar ..e desfrutar do teu talento.Um grande beijo e até já.

Selena Sartorelo disse...

Olá Ví...
Acho que essa é a nossa primeira intenção, conteúdo, compromisso sério e diversão.
Novidades, sentimentos..enfim estou me tornando repetitiva, mas creio que todos querem fazer desse espaço algo que valha de fato. O tempo doado para quem posta e o dedicado de quem lê, sem receitas preconcebidas.
Agradeço tuas palavras tão queridas.

beijos,

M.PAUMARCH disse...

Realment, és un bloc molt interessant.

M.PAUMARCH.

Selena Sartorelo disse...

Olá M. Paumarch...É sim uma tema bom para se pensar, conversar e praticar.
Obrigada por comentar, seja bem vindo.

abraços ,
Selena

Zeus disse...

Uau!
Fiquei curioso ao ler seus cometários no blog da Jurema Cappelletti e decidi conhecer de perto a sua página.
Só me resta te parabenizar pelo blog e todo o conteúdo nele exposto,suas matérias são ótimas e te garanto que ganhastes não somente um seguidor,eu diria um visitante diário.

Um beijo no core e seja feliz.

Selena Sartorelo disse...

Olá Zeus!!!
Obrigada mesmo, inclusive pelo entusiasmo aqui escrito.

beijos e se o core é de corar...já corei srsrs.

Quase Blog da Li disse...

"Nada é absoluto,
ato de pensar,
só faço escrever,
O que mais me fascina é o ato de pensar. Um excercício que precisa ser praticado sempre."

Selena,
tudinho extraído do seu sábio comentário.
Obrigada
beijo
li


nota: sobre minha viagem...
contar, escrever, infelizmente não é a minha praia :(
não sei lidar com as palavras.
Vou postando as fotos,
os desenhos,
devagar,
com calma;
a saudade
ainda
tá muito fresca e forte.

Lunna disse...

Suas palavras me levaram de encontro a mim mesma. Tantas coisas mudaram desde o meu primeiro blog lá em 2002. Como o tempo passa e de repente o blog virou meio de ganhar a vida e tudo mais. Uma ferramenta que evolui, mas o problema é que muitos de nós não. Muitos de nós continuam com preguiça, continuam esperando que algo seja ainda mais simples e fica fácil ver isso quando lemos alguns blogs. Me irrita um pouco (ainda) observar pessoas escrevendo "oi, gostei do seu blog, visita o meu" como se isso fosse o mais importante. E a troca, o horizonte novo que se apresenta, a novidade que chega numa palavra ou outra. Não, isso não importa. Isso se perde porque a preguiça venceu a expectativa.
Bem, vou-me...
Beijos

Ps. Eu escrevo novela enquanto gênero literário, algo no mesmo estilo de Hemingway, entre tantos outros... Por isso fica fácil publicar na net em formato de capítulos...

Caçador disse...

E mais nada. Eu também sou novo nestas coisas, mas já deu para perceber que 90% é "querido diário" ou então plágios e roubos descarados de imagens e textos. De vez em quando há um que tem luz própria e esses eu visito e por vezes até comento, cada vez mais selectivo, ou snob, se mo quiserem chamar. Não importa, cada vez mais, sou tou para os amigos...

Aquele abraço...

Selena Sartorelo disse...

Olá Lunna...Entendo que este espaço precisa ter focos e objetivos diversos sim.
Não tenho blog há muito tempo e nunca tinha pensado e nem sabia que era possível direcioná-lo para trabalho, cultivo esse espaço com muitos focos mas esse que menciona ainda não conheço.
Em alguns aspectos ainda estou na preguiça que citou, mas acho que se conseguirmos esclarecer e vejo que todos aqui estão certos e claros quanto as boas funções que um blog possa ter.
Creio que temos espaços para artistas, boas escritas, divulgação de artes próprias e de outras artes, conhecimentos, informação.
Enfim uma lista voltada para essa evolução e as possibilidades que nos são apresentas também.
Eu gosto muito de escrever, mas sei o quanto preciso aprender.
Hoje tenho muito tempo para comentar e quando não tenho arrumo, pois gosto muito de ler, sempre deixei claro que faço isso por prazer.
Conheço minhas limitações culturais e uso os blogs como veículos para aprender mais. A internet é cheia dessas ferramentas..tem tudo quanto é meio de se ler coisas que gostamos, eu prefiro me manter entre os blogs, mas como digo é uma questão de escolha também...procuro estar sempre entre pessoas e assuntos que eu acho interessantes e com os blogs tenho um controle de onde vou e o que pretendo encontrar.

Vou aguardar a sua estréia, é mais uma novidade para conhecer.

beijos e obrigada pelo comentário que me faz pensar sempre mais sobre esse assunto.


Olá Caçador...Não sou contra essa coisa de querido diário, pois seria contraditória, mas escrever reflexões e dar opiniões literalmente acredito que seja bem diferente de ficar relatando os acontecimentos pessoais da vida.
As vezes gostamos de participar os amigos de coisas que nos acontecem ou nos incomodam, mas acredito que tem uma maneira de se fazer..não sei bem qual é, mas quando lemos identificamos o que gostamos ou não. Óbvio né rsrs!!

O plágio me incomoda muito mais, pois acho que divulgar a arte do outro com inteligência e respeito é uma coisa que amo ver e ler, agora apossar-se dela é anti-ético e desrespeitoso com o leitor.
Esse processo seletivo é muito saudável, não somos obrigados a nada, lemos e comentamos o que nos interessa. O que mais gosto aqui é exatamente essa opção.

beijos "menino" e obrigada por comentar.