segunda-feira, abril 09, 2012

"EUS" RETRATO


Aonde foi que eu errei para em momentos me sentir assim?Que momentos foram esses que a certeza me cegou  impedindo-me de ver que errei. Não consegui retroceder o tempo nem pedir desculpas ou agradecer o suficiente. Esqueci de dizer que não sabia e que precisava de um professor que me dissesse aonde foi que eu errei.O pensamento com a certeza de que existia outra possibilidade veio depois. O processo que não passa. Sinto-me estagnada. Uma pessoa confessa. Homônimo de mim. Uma aceitação contraditória por também ser feliz dentro do possível viver que escolhi. Retratando o auterego.

12 comentários:

peri s.c. disse...

Ora, ora, Selena, estamos sempre circulando ente céus, purgatórios e infernos ( os outros, alguém já definiu ) .Só muda o tempo em que ficamos nesses estágios. Carregar sempre um uns balõezinhos de gás ajuda a ficar nas alturas.

peri s.c. disse...

ô loco : ..... " entre" ...

Selena Sartorelo disse...

Santa Mafalda quando disse:"Justo a mim coube ser eu!" rsrs Muito bom Mauro.

Fatima Cristina disse...

Selena,
retratar o auterego é uma tarefa sempre difícil. Um "up&down" constante de todos os nossos "eus" formando uma pessoa só em texto e sentimentos.
Parabéns por tentar e por compartilhar.
Beijos!

João Menéres disse...

SEmpre achei que escrevias bem e com muito humor, lembras-te ?

Em nada erraste !

Segue o teu caminho, porque o trilhas muito bem !

Um beijo deste teu fiel Amigo ( mesmo que não apareça muitas vezes !...).

Selena Sartorelo disse...

Olá Fátima.

São momentos que identifico o que não entendo, mas sei que existe.

beijos,



Obrigada João. Nosso humor tem lá suas semelhanças.

Beijos meu amigo de tempo real e presente. Onde cabe o sempre.

Luísa disse...

Eus?
Onde andam as letras que o descrevem, aquelas que saltam cá para fora e se afileiram na melhor descrição do "eu"?
Parecem-me encontradas no pensamento, numa possibilidade serena da melhor definição de SELENA!


Beijinhos mil, pela enteléquia apresentada!

Selena Sartorelo disse...

Olá minha querida amiga Luísa.

Ler teus comentários é ler poesia. Como sabes montar tão bem a delicadeza sensível que inteligência tem. A palavra que monta esse artista e todos os outros desse quebra-cabeça.

Beijos e obrigada por tudo.

CONCEIÇÃO DUARTE disse...

Selena, ninguém erra. Nós procuramos acertar! Continue... todos nós estamos a caminho da continuação!
bj
CON

Selena Sartorelo disse...

Ahh Con, vou discordar de você no quesito errei rsrs!! Ninguém pode ser que não erre, mas os meus alguéns certamente o fazem. É aí que esse caminho segue com as escolhas que temos, pois sempre as temos. Tentar não pode ser uma opção.

beijos Con!

Eduardo P.L disse...

Vou tentar outro comentário, para ver se APARECE!!!!! Srsrsrs Beijos e BOM DOMINGO !

Eduardo P.L disse...

Parece que agora foi! Muito obrigado por tudo, amiga Selena! Bjs

* Agora EU disse obrigado!!!! hahaha!!!