quarta-feira, dezembro 09, 2009

LINGUAGEM


A palavra dita acaba sendo esquecida mesmo se for gravada...
A palavra pintada perde-se no romantismo dos pensamentos...
A palavra cantada leva-nos a utopia do sonhar ser real...
A palavra escrita é plena e compartilha nas faces desses sentidos sendo eterna...mente.

29 comentários:

jugioli disse...

palavras...o marulhar da água nos subsolos, com o líquido dos olhos, onde o pincel mergulha, rasteja, brota. E,de nossas quimeras infernais, nossos venenos, retrocederem em superfícies.O pintor multiplica. Eu invento: fly be.

Chica disse...

É verdade...O que escrevemos fica registrado pra sempre...beijos,tudo de bom,chica

expressodalinha disse...

Puxa, ia a dizer qq coisa mas fiquei esmagado. Belíssimo post e comentário.

João Menéres disse...

SELENA

Como o JP diz : Entráste numa órbitra de outra galáxia!

Para.....BEM !

PARABÉNS!

Um beijo ESCRITO, depois deser dado, depois de pintado e de cantado ter sido!

Gisela Rosa disse...

Selena as suas palavras fixam o que sente...lindas!

Obrigada muito grande
com abraço

Luísa disse...

Deixaste-me sem palavras...esmagada com tanta sabedoria sobre elas!
Beijinho terno!

Selena Sartorelo disse...

Meus queridos amigos...preciso confessar...que muitas risadas dei depois dum outro comentário que fiz lá no blog do sr. do Vale http://particulasdosentido.blogspot.com. Uma curiosidade, lá foi o um dos primeiros blogs que comentei e e fiquei muito honrada quando minha poesia foi parar junto com a arte que ele cria. Mas muito feliz fiquei hoje ao chegar lá e encontrar um bom amigo, mas o engraçado foi voltar aqui e ler o comentário do João que fala de galaxias e dimensão. Há muito queria fazer essa indicação e hoje a oportunidade se fez de um jeito tão bom.

Olá Ju! Como você está?

Sim foi isso que ousei ao testemunhar o que só eu pensava imaginar. Olha o tamanho da ingenuidade. Adorei! ...obrigada e como diz o Eduardo um comentário que vale um post.

beijos e obrigada.

Olá Chica,

Palavras não apagadas, não morrem, nunca.

beijos,

Olá Jorge,

Como diria...rsrsr,
- Mente grata.

beijos

Olá João!!

E outro sentido para você também.

Olá Gisele,

Observar a vida que circunda, com a opção de sentí-la.

Obrigada,Beijos

Olá Luísa,

Quero eu um dia poder caber em tua admiração.

Beijos e obrigada.

Nívea disse...

Muito bom isso. Interessantíssimo.

Palavras escritas não são palavras apenas.


abraço!
Nii

Lunna disse...

A palavra ensaiada torna-se estranha aos olhos de quem ouve. Pensa alguém do lado de lá "interpreta-se o que?" e do lado de dentro de quem ensaia ouve-se claramente o pedido atordido de socorro "repeti milhões de vezes e assim mesmo esqueci o que desejava dizer-te". rs

E nesta manhã em que o sol lambe a grama lá de fora, estou com os versos e com a ilusão flutuando na mente. Quero estar sozinha, mas há tanta gente em mim. Bjs

Regina d'Ávila disse...

Então todo cuidado é pouco na hora da escrita...é a pura verdade...
Amiga, como vou poder agradecer suas palavras?
Obrigada ...de coração!!
Super beijos, tenha um lindo fim de semana.
O sol aqui apareceu, espero que o seu sol esteja brilhando por aí...
Beijos
Rê.

mario nelson disse...

canto a aurora que lavra a oriente
como um fogo as promessas do passado.
canto o presente
no futuro que irradia
do jubilo do tempo regressado


canto o novo dia
o presente é o futuro do passado...!!!




ao ler o que acima está "poscrito"
so me veio á ideia este lindo sentimento feito de poesia

parabens



mario nelson

Selena Sartorelo disse...

Olá Nivea.

Obrigada, fico feliz que tenha gostado.

beijos,

Olá Lunna,

A cautela com outro entender defaz-se mesmo se for interpretado com todos esses "eus" se esses forem sinceros.
A sensação que nada pode ser apagado, mas pode ser entendido e explicado.

beijos,

Olá Regina,

Que bom que enquanto encontra o caminho distraí-se com essas palavras rsrs.

Sim fez um dia lido de sol, e a chuva que veio não causou estragos, mas deixou um frescor gostoso no ar.

Obrigada beijos

Olá Mario,

Fiz bem em querer saber onde posso ler teus textos...quanta poesia trás nas palavras que escreve.
Obrigada.

beijos

mario nelson disse...

obrigado pelas simpaticas palavras.
na realidade o meu gosto pela escrita e leitura tem um só culpado...eu mesmo.!
será que trabalhar com livros(desde os meus 19 anos) tem alguma importancia???!!!!!!
sou um felizardo por poder fazer o que gosto.
não tenho blog, mas a empresa da qual sou colaborador tem ...
e ainda e só por mero acaso...somos importadores de cerca de 200 editoras do brasil

como tal , criamos as nossas propias livrarias..(lisboa e Porto)

se juntar a esta felicidade, poder ser dito que tenho 3 filhos(trigemios)..que mais posso crer eu da vida=??
ehehehehe

http://livrariabookhouse.blogspot.com/#




"apenas sendo sincero"
beijos
mario nelson

Selena Sartorelo disse...

Olá Mário,

Mais que simpáticas, essas são sempre sinceras...às vezes nem certas e nem completas, mas sinceras certamente.

Se tivesse hoje 20 anos, eu diria que não. Mas como posso constatar essa foi um escolha que fez há bons anos atrás.

Mais felizardo ainda por saber disso. Parabéns pelo desempenho duradouro e consciente.

Que tipo de colaboração oferece?
Não tenho dimensão desses números e nem a relêvancia disso no cenário global.
Em espaços reais ou virtuais dá-se essa criação?

Sim. Claro que sim! Uma crença que merece ser lembrada e nada mais que isso pode ser querido dela.
Sou mãe de um casal de filhos, sei o que quer dizer essa alegria. Parabéns por isso principalmente.

Vou conhecer esse endereço e ver se entendo um pouco o tamanho dessa história.

seja sempre, é a única coisa que peço.

beijos

Selena Sartorelo disse...

Olá Mário,

Antes que possa responder ou comentar minhas ultimas palavras, gostaria de perdir-lhe que esqueça a pergunta sobre a sua colaboração, pois seja ela qual for, apenas de estar nesse meio com tanta qualidade já me obriga a lhe agradecer.

beijos,
Selena

mario nelson disse...

o blog ao qual faço referencia é o nosso filho mais novo..tem só uns dias de vida...

quanto ao universo livreiro...uuiiiiiii!!!!!
tão grande e lindo é,mas muito complexo
dai o prazer e gozo que me dá.

beijos,
mario nelson


obs.
o nosso amigo João Meneres poderá explicar melhor o que faço dentro do "emaranhado" universo livreiro

Selena Sartorelo disse...

Parabenizo-o, pois nasceu muito bem.

Estou descobrindo isso agora.

Não quis ser indiscreta mas esqueci de esqueci de mencionar na resposta acima o pedido de desculpas pela indiscrição. Esqueça-a por favor.

beijos,

mario nelson disse...

obrigado
e não tem de pedir desculpas.
é normal essa curiosidade.
espero que goste de verdade do nosso blog
é mesmo muito novimho
tentamos fazer um em abril, mas deu"bronca"
arracamos agora com outro grafismo e menos complexo que o 1º.
este tem a possibilidade de divulgar com mais grandeza a cultura e a melhor literatura brasileira ao serviço do "publico" Portugues

beijo
mario nelson

Selena Sartorelo disse...

Olá Mario,

Retiro o pedido de desculpas pois segui a tua orientação e perguntei ao João. A curiosidade é um de meus maiores defeitos e justifica-se na condição do respeito em sempre lhe responder.

Sim eu gostei de verdade do blog, apesar da minha ignorância em sua abrangência.

obs. Porque os textos (resenhas)saem com o crédito da livraria?

beijos,

Desejo-lhe muito sucesso nesse novo empreendimento.

mario nelson disse...

o blog é mesmo pertença da livraria,livraria essa que pertençe á empresa no seu todo da qual sou colaborador...
dai a razao que textos tenham sempre esses creditos...(não deixa de ser um blog "comercial") como tal tem o acesso direto aos links das editoras brasileiras que reprsentamos em portugal, assim como um todo e sobre tudo o que temos para venda dentro desse espaço onde a cultura é vendida..

bj
mario nelson

Selena Sartorelo disse...

Quanto ao negócios não tenho curiosidade, mas essas palavras foram escritos por alguém...daí a impertinente pergunta dos créditos merecidos e ausentes..

mario nelson disse...

esses creditos terão de ser dados a quem de direito
minha colega de trabalho PAULA LOUREÇO...GRANDE MULHER ...GRANDE LIVREIRA

Selena Sartorelo disse...

Olá Mario,

Exatamente isso! Tenho certeza que esse ou esses nomes associados a seus textos..so redenram maior credibilidade a essa empresa. O reconhecimento de quem os escreve é fiddigno. Afinal é uma livraria de conceito e conteúdo.
Parabéns Paula Loureço.
obrigada pela informação,

beijos e mais uma vez obrigada.

nota: fui ler seu texto no blog ao deus desconhecido.

Fatima Cristina disse...

Oi Selena!

Lindas "Palavras"!

E o que dizer da "palavra omitida"?
Eu diria:

"A palavra omitida permanece latente o tempo todo em nossa mente. Ela nos faz perceber que o momento se passou e a palavra tao esperada nao foi dita, nem sequer pintada, cantada ou escrita. Foi simplesmente evitada. Foi omitida. Ah, se esse momento voltasse, esta palavra então já castigada pelo seu destino, se redimiria de sua clausura e sairia com toda sua força de expressão, em voz, em cor, em canto e impressao, somente para trazer ao momento o significado de sua razão!"

Selena, você me inspirou!
Beijos!

Selena Sartorelo disse...

Olá Fatima, como você está?

Uma belissíma inspiração inclusive..sem omissões.
Somos omissos principalmente com a gente mesmo, achamos que ludibriando os pensamentos não cometemos omissão..será?!!

beijos,

Fatima Cristina disse...

Oi Selena!
Estou bem. Cheia de trabalho para acabar com o final do ano, mas ainda achando tempo para viajar no nosso mundo de blogs. Espero que você também esteja bem, curtindo a família neste fim de ano festivo!

Sobre o comentário acima, qualquer dia vou publicá-lo no Boa Baltazar. Se você não se importar.
Hoje em dia, eu me preocupo em expressar todo o tipo de palavras sem omissões. Como se sabe, o tempo não volta atras!

Beijos!

P.S.: Você não vai participar da BlogGincana de Dezembro? Espero que sim! Acho que você pode contribui bonito nela!

Tentativas disse...

Olá Fatima,

Fico feliz que esteja bem e também que bom que tenha voltado...acabo tentando responder a todos os comentários e sempre penso que acabam por não serem lidos...enfim, obrigada.

Eu estou bem obrigada.
Infelizmente esse ano não foi muito produtivo para mim profissionalmente...então dediquei-muito tempo na internet preenchendo curriculos e consequentemente escrevendo...confesso a você que após algumas conclusões...diminui o envio de curriculos e passei a escrever mais rsrsr!! Minha familia é incrível e esse ano pude ficar mais tempo com meus filhos o que foi muito bom para todos..Somos absolutamente comuns... mas para mim essa é a família mais linda e a mais especial do mundo.

É obvio que não me importo...palavras com significados precisam ser divulgadas, mesmo que não sejam do agrado de todos, são fundamentalmente sinceras.

Sou meio chata para isso. Acho importantissíma que mais expressões seja escritas mas vou te confessar mais uma coisa, por exemplo...Eu sempre falei muito palavrão..todos..tinha reservas com alguns, mas eles sempre fizeram parte do meu vocábulario. Hoje ainda os falo, mas bem menos eu acho...não sei bem o que aconteceu, enfim, o que quero dizer é que quando leio um palavra escrita sempre penso o que levou o escritor a ela...Não suporto ler palavrões escritos banalmente,apenas sujando e substituindo palavras que seriam tão necessárias. Mania que temos em primitivar a evolução através da omissão não acha? rsrsrsr
Você sim, foi agora a minha fonte de inspiração rsrsr!!!

Acabei me perdendo com as datas e não cumpri a tarefa do mês passado na BlogGincana, mas farei de tudo para não furar com essa...acabei de me inscrever pois como sabe adoro escrever rsrsr!!!!!!!

Beijos

Selena Sartorelo disse...

Olá Fátima...desculpe pelo nome diferente do blog..mas são esses meus filhos criando os seus e esquecendo de sair e não avisando a mamãe.

Eu e a minha falta de atenção..depois quando dou bronca neles eu é que sou chata, póde? Pode pois se sei que são crianças eu é que deveria ter prestado atenção. rsrsr!!!!!!!
beijos.

Fatima Cristina disse...

Que bom que você se escreveu na BG!

O conto está caminhando solto e cheio de suspense.

Beijos!