quinta-feira, junho 27, 2013

Estalo.

 Em algum instante da noite dei-me conta da falta de respeito e educação que tive por você. Ainda bem que me dei conta disso nesse momento; Pois, pois sinto que há tempo de desculpar e justificar essa ausência sem explicação que convença além de muitas razões e a simples verdade. Essas que não são poucas mas que entre elas tem a mais importante. Saber o que não é novidade o prazer compulsivo que tenho por escrever. Sim, continuo cada vez mais envergonha, por não ter aprendido mesmo depois de tanto tentado. Teimosia que estrangula a sensatez e não me fez parar de vez. A consciência desse dessaber que me fez afastar  você que olha tão de perto, que voa em minha mente e estende-se em um expresso armazenado, trazendo consigo a vida e seus agregados.

2 comentários:

myra disse...

querida Selena, gostei muito, muito!!!

Carlos Tronco disse...

Em vez de envergonha, não ficaria melhor envergonhada? Força Selena