terça-feira, maio 22, 2012

Como anda essa senhora?

Pensando muito. Como sempre essa senhora vai bem. Estou como sempre estive..sempre bem. Quando tiver tempo quem sabe consiga ler...assim vai saber. Mas adianto que o primeiro parágrafo é sucinto ,tendo  assim, tudo dito.
Ah como anda essa senhora? Ah!! Quanta coisa lhe preenche e lhe devora . A certeza que a duvida é constante e sempre tão presente. O resto seria prolixo e só conversa rsrsr e conversas muito melosas lhe causam aversão. Grosserias então lhe dão alergia. Senhora de muitos saltos.
Ahhhh!! Essa senhora não gosta de dizer do que não gosta, sem que lhe peçam opinião, mas adora dizer o que senti para quem a entende.
Gosta de boas risadas e de gente que sabe falar palavrão...Mas preferi as que apenas te faz pensar ter ouvido um.
Ah como anda essa senhora?!!! Achando  cada dia a vida mais linda e cuidando o suficiente de si.
Entende ao que, quer ficar atenta.
O poder da observação. Tempo pra reflexão.
Sem pensar, apenas meditar sobre um pouco de sua ação.

Aqui em casa temos algumas rotinas. Hora pra acordar, pra comer e pra deitar. Tem horário pra quase tudo, ao qual muitos são seguidos com muita regularidade.
Tem alguns que gosto de não esquecer..como é o caso da hora do jantar, é um dos motivos que o cotidiano não me enjoa.

Gosto de ouvir as vozes deles. Sinto-me bem quando estão por perto ou por chegar.
A hora de buscar. Fico a disposição se é necessário e quando preciso, eles tem sempre uma solução.

Contamos como foi nosso dia, um leque extenso do que falar...já aconteceu de ficarmos em silêncio, mas isso não acontece sempre.

Claro que os corrijo, chamo atenção e dou sermão. critico e sou criticada também, tanto quando elogiada.

Porém, também conversamos, rimos, choramos , lemos, assistimos e ouvimos. Falamos normalmente muito alto..mas também gritamos...discutimos, reatamos e de novo e graças a Deus sussurramos o quanto nos amamos.
O que pode parecer impossível aqui acho muito normal.
Por quanto tempo isso vai acontecer..eu de fato não saberia dizer, mas agradeço por isso todos os dias do meu viver.

Basta que aprendamos a ceder, sem cobrar as obrigações e valores nos quais acreditamos. Aqui dizemos o que sentimos. É no que acredito. E mais do que isso , nos interessamos em querer saber.

Sim...opa!!! É um exercício diário porém que nem sempre tem o melhor resultado..o que pode ser bom..assim nos aperfeiçoamos e valorizamos o caminho escolhido a percorrer..

Claro que não funciona todos os dias, somo imperfeitos e também enlouquecidamente normais...não gosto da rotina...mas amo o meu cotidiano...gentileza gera gera gentileza,. Clichezaço!! Eu sei. Mas que precisa começar a ser praticado dentro da nossa própria casa.

Nem sempre conseguimos ..pois ações dissimuladas são pensamentos sem sentimentos, não trazem credibilidade, por isso não se concretizam...mas acredite, acabamos na maioria das vezes dialogando e resolvendo as diferenças e por isso dormirmos bem.

Poderia ser um pouco mais seguro, estável eu gostaria, porém aprendemos a estar, um mais próximo do outro.
Toda união precisa ser desenvolvida, aprendida. Se fosse fácil não existira guerra nem desigualdade. Aqui conversamos, opinamos e nos certificamos que são esses meus semelhantes, falamos de tudo...

Eu. Não sei o que sou, mas gosto de como me vêem, Procuro no que gosto sempre melhorar. Aperfeiçoando as faculdades que sinto ter.
Aqui em casa temos horários pra ficarmos juntos, respeitamos também a privacidade que nos é permitida e a individualidade do outro.

Sempre nos importamos, por isso nos intrometemos pro melhor do seu bem, porém aprendemos que a confiança se esclarecida e bem orientada é chave da liberdade de dizer o próprio gostar.

Não sou muito organizada com a casa. Confesso: Canso-me fácil...mas faço um pouco todos os dias ou os dias que enlouqueço e faço tudo duma* vez só..o tal de tudo num só dia...o cansaço me deixa mal humorada, mas realizada também ao ver a casa organizada, nunca consigo terminar tudo.. mas faço o possível.
As crianças estão aprendendo a me ajudar, já cumprem suas tarefas quase que diariamente..me enrolam um pouco, mas sou persistente temos sempre bons resultados, falta agora se acostumarem que isso pode ser rotineiro também.

Fazer mais o que nos faça bem...o que nem de perto chega pés da alegria que sinto quando chega o horário do jantar. Cada um tem seu lugar a mesa, mesmo que nem todos concordem com isso..mudar não é proibido e inclusive já oi feito. mas gostamos do que nos acostumamos.

Aqui é quase uma democracia. Eles reclamam, mas gostam da rotina, são mimados eu diria. Conversamos entre broncas e sorrisos. Sempre um reunião por dia...acostumamos sempre em desligar a televisão, no lugar ouvimos as músicas que gostamos ou as clássica que nos acostumamos, quando o pedido vem da mamãe. Onde a democracia encontra sua maior adversária , a disciplina adversa... cada uma conduz um ânimo diferente.

Como é bom respeitar a opinião dos amigos, principalmente se esses são da tua família. A luz que ilumina o bom desejo é a certeza que existe cores e tons suficientes para não ser monocromático e sim transparente. Ah como anda essa senhora? Essa senhora vai bem.

11 comentários:

Fatyly disse...

Adorei este teu magnífico texto onde dás o recado de uma possível pressão por não apareceres por aqui ou por outros locais, não sei...só sei que me identifiquei totalmente nas tuas palavras, porque este mundo de cabos é uma distracção e jamais uma obrigação.

Ai Selena, Selena...como esse tempo passa tão rápido...todos juntos em família e quando a turma voa a casa fica mais vazia...mas quando nos juntamos e agora com o acréscimo dos netos...minha nossa...o tom é mais alto, a risada é mais solta, e tanto conversamos como nos comovemos e nem damos pelas horas passar.

Ser escrava da casa? jamais...mas hoje tenho tudo ESTUPIDAMENTE arrumado e fico feliz quando eventualmente entram os bagunceiros hehehehehe:)

Gostei imenso de tal forma que já imprimi para dar à minha mãe (quase 83 anos e devora livros e escritos) que adora coisas da net como ela diz:):):):)

Beijos extensível à família

Fatyly disse...

PS: a minha mãe ainda é totalmente autónoma, mas só sai comigo porque já não pode andar muito a pé, mas vive sozinha na sua casa pertinho da minha e faz tudo e se já tivesse lido isto, era mais uma folha que lhe tinha dado, pois fui lá hoje:)

Selena Sartorelo disse...

Aii que delícia seu comentário Fatyli..estava relendo o escrito e mesmo depois de corrigido ainda encontro erros de digitação..não uso muito a pontuação...deixo a cargo de cada respiração...Estamos de alguma maneira perdendo a pressa e fazendo as coisas que de fato nos interessa. Sua mãe ler um texto meu é de verdade uma imensa honra sabia. Queria que a minha um dia também os lesse. Ahh é vida é mesmo quase engraçada, divertida por vestir em si tanto significado...Um tempo estranho esse de viver. Os as conexões encontram os sentimentos de serem exatamente o que sonhamos querer. A vida como ela é e nada se compara a isso.

Beijos sem reler..sei que no seu tempo há de entender e dar boas risadas por sim.

Mande um imenso beijo para sua mãe por mim e outro tão grande quanto prá você também.

Comentário respondido com felicidade eu diria.

Selena Sartorelo disse...

com dois ypsolonssss rsrs

Fatima Cristina disse...

Oi Selena!
Que bom saber que a Senhora aí vai bem. A Senhora aqui também vai indo!
Nossa rotina familiar também é democrática (ou quase...).
Horários durante a semana sao mais rígidos.
Sexta e sábado nem tanto...
Os meninos aqui acordam cedo, pois a escola tem o 1o tempo às 7:30.
Vida dura. Especialmente para quem gosta de blogar (ou melhor: comentar na blogosfera ;-) ) de madrugada...

Beijos!

myra disse...

achei o teu texto realmente muito bom e muita realidade...esta senhora vai muito BEM MESMO!!!
nao como a senhora daqui - eu - que esta sozinha, e nao pode sair por causa de um vento horrivel que a vai levar:)))
beijos

Li Ferreira Nhan disse...

Selena, bom saber de você que de senhora não tem nada viu moça!
Sumida com ótimos e deliciosos motivos!
Agora lendo aqui dá pra ouvir vc falando!
rsrsrsrs
É bom isso!
E quando puder, vai dando ares da sua graça!
Beijos pra vc e pra família toda!

Selena Sartorelo disse...

Temos costumes bem parecidos Fátima..Uma deliciosa rotina confesso mas canso rsrs Beijos

Ah Myra que um dia vou te visitar, vou aparecer sem avisar e um bom vinho com você tomar. Vamos passear e o vento não vai te carregar pois estar ao teu lado prá teu braço segurar rsrs Querida que tempo que não demora prá passar . Beijos

Li sempre brinco e digo que sou pré-histórica rsrs Ahhhhhh acredite sou uma senhora rsrs mas disfarço bem rsrs Beijos e com calma tudo vai voltando ao normal...eu acho. Saudades...vamos tomar um café qualquer hora desssas que tal?
rsrs Beijosssssssss

Luísa disse...

Esta SENHORA é uma SENHORA!
Sempre prática e resumida ao essencial!
Vive de forma séria na levez do SER e abomina o ter fútil e sem amor!
Adorável SENHORA, que imenso prazer é lê-la!
Beijinhos mil

Selena Sartorelo disse...

Luísa, minha amiga querida e gentil. Sei que só faço agradecer teus elogios , mas esteja certa que essa gratidão me trás imensa satisfação, pois atráves do que me diz quiça torno-me uma pessoa melhor. beijos imensos e felizes por tudo.

expressodalinha disse...

É bom saber que vai bem. Beijos.