quinta-feira, agosto 05, 2010

Uma trilha para Dê. O que inspirou você.

Foto: minha

Vou dividir com você o que mais amo fazer. Seja para brincar ou filosofar a palavra que me faz viver. Um jeito de viver prá divertir Ao inves de chorar, prefiro rir .Não estranhe e não ria, apenassorria. A rima é meu guia. Canse-se se quiser. O importante é que algum sentimento é preciso ter para esse disparate cometer. Dizer que ama escrever. Relaxo no desabafo. Cuidado e respeito no trato. O ato. O tamanho do buraco no saco! A confiança. Onde não tem a palavra na palavra que têm.
A palavra é o passado o presente e o fim.
O poder de reviver e estar sempre querendo ser, onde o vácuo acontece ,o presente se estabelece. O acreditar. O poder com a palavra brincar. Remexer sentimento. A diferença da vida brisa ou vento...Bebê ou moleque... Menina sapeca. ..O renascimento.
Não perceber. O presente demência da mente. Um dia por vez, um dia de cada vez. A inconstância, o esquecimento. A própria razão a emoção. A inversão do sentido. A primeira audição. O futuro em ação. O auge inverso da maturidade. O tempo a intensidade. O silêncio que fala. A fala que cala. Poema no verso. “A onda” que faz , não ouvir outra vez. Prestar atenção no tempo de todo o tempo que o verbo tem. A palavra que é movimento. O abstrato sentimento. Entender o que é pensamento. O que rege cada entendimento. A percepção de cada momento. O verbo é a realidade de todo o tempo. Reconhecer o reflexo, refletir a semelhança. Lembranças de cada memória. O momento na esperança. A trilha da minha vida ou a que fiz prá você. Um dia por vez. Um dia de cada vez. Poder com palavras ou silêncio pensar.

3 comentários:

myra disse...

amei as tua palavras e a foto é incrivel!!!
beijosssssssssssss

Luísa disse...

Sempre intelectualmente dinãmica!
Adorei a dissertação sobre SER!
Beijinho terno

Vieira Calado disse...

Muito obrigado pelas suas visitas

ao meu blog de astronomia.

E, já, agora, conhece o meu blog de poesia?

Beijinhos