sábado, junho 12, 2010

O íntimo cala.

Foto: Selena Sartorelo

Não entendo porque continuo a ouvir que uma coisa é cem por cento boa se sinto em minha sinceridade que acho que isso não é verdade, penso então em cada necessidade. A falta de coragem em não ser personagem. Aquele que fala para prejudicar não explica, apenas brada por não saber e ter o que dizer. Enquanto o que ouvi sabe, explica e ensina como melhorar, o somar sem sombras. Triste covardia a falta de sincera ousadia que percebida todo dia alimenta a soberba ignorância. O novo apavora, a repetição conforta e continua.

17 comentários:

calata disse...

bonitas palabras y una imagen evocadora.

saludos y gracias por tus visitas

myra disse...

gostei muito de tudo que diz! a imagem é linda1 beijos e um bom domingo para voce!

Luísa disse...

Sempre oportuna e realista na abordagem dada ao comportamento do ser humano, ou áquilo que a repugna no ser humano.Corroboro em cada letrinha.
Mil beijinhos!

Leonardo B. disse...

[somos feitos dessa matéria, que pensando que alguma vez iremos ter o respeito de um grego ou de um troiano, acabamos por perceber, que foi aquele que mais devemos amar, ficou para trás... neste contexto, nós próprios]

um imenso abraço, Selena

Leonardo B.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Seelena

o povo apavora na sua ignorância....

e contra a ignorância, não há argumentação!

expressodalinha disse...

Nem sempre o novo apavora. Romper por vezes é fundamental. Mas há sempre uma nova rotina à espreita...
Parabéns pelo novo visual. Contente por voltado a blogar. Precisamos das suas palavras.

Ángel disse...

Gran reflexión. La fotografía también invita a contemplar.
Abrazos

Maria disse...

QUE BOM PODER VOLTAR A LÊR, AQUI NO SEU ESPAÇO...
A REPETIÇÃO AJUDA NA APRENDIZAGEM.



:))DOCE CARINHO

Selena Sartorelo disse...

Olá Calata,

Obrigada.

beijos,

Olá Myra,

Obrigada minha querida amiga. Preciso te confessar uma coisa que acho importante dizer. Meus filhos conhecem você. Minha mãe conhece você, muitos dos meus amigos conhecen você. E eles te conhecem da maneira maneira tão pessoal que te apresentei..é verdade. Sempre falo de uma querida amiga italiana que tenho, uma artista de imagens e de palavras. Mas a confissão é por sempre dizer como sinto-me horanda em tê-la por aqui.
Hoje minha filha leu o texto que o Jorge escreveu prá você, e ao telefone falei. "Mamãe você lembra daquela amiga italiana querida que sempre comento com você? Minha mãe - Claro filha..uma senhora artista?
Eu - Sim. Essa mesma..Mamãe hoje li mais sobre a vida dela. Nossa quanta história prá ouvir...coisas que são importantes contar...e fiquei tão feliz por tê-la aqui.
Obrigada Myra e que saiba você que eu tenho grande prazer em dizer que vivi para te conhecer.

Beijos minha querida amiga.

Olá Luísa,

Sempre tão perto e tão atenta. Obrigada e beijos mil!

Olá Leonardo,

Saber quão gregos e troianos nos transformamos nessa hipicrita e demagógica tentantiva de agradar. Antes como bem diz do esquecimento de si respeitar..pelo amor que pensamos saber.

Abraço imenso.

Olá WalKýria..
Viver na utopia que é possível o bem escrever e como o mesmo sentido ler.
Prefiro ao invés de argumentar..prefiro acreditar que as coisas vão melhorar !!

beijos,

Olá Jorge,

Quando enfim! O novo é normal.

O blogger está com uma novidades que ainda estou conhecendo, mas que estou gostando. falta algumas coisas mas eles vã pensar nelas em bréve.
Obrigada por sua querida amizade.

Olá Àngel,

Pensamentos que passam e resolvermos ouvir.
A imagem é minha , mas sabe que olhando novamente para ela não consigo lembrar se era noite ou dia, manhã ou tarde, esquecendo a hora do dia.

Beijossss.

Olá Maria,

Obrigada! Leia e releia quanto quiser. É bom vê-la aqui.

beijos

João Menéres disse...

Atrasadinho, como quase sempre...mas cá estou, SELENA táo querida!
Eu sei o que é sofrer uma desilusão de uma pessoa que considerava limpa.
Mas de alguém que serefugia no anonimato só merece DESPREZO e não a tua preocupação.
Todos AQUI te querem BEM!
Adoramos-te, sabes disso, não sabes?

E, além dos AMIGOS, tens a tua FAMÍLIA!
És uma pessoa FELIZ e que se empenha nessas relações!
Não percas mais tempo, nem deixes na tua mente nenhum espaço para esse tipode atitudes.
Isso era o queessa pessoa mais desejava para se sentir vitoriosa.

Um beijo grande, NÃO, UM ENORME BEIJO!

João Menéres disse...

QUATRO (ou CINCO ?) palavras coladas...
É da praxe nos meus comentários.
Desculpem...

Selena Sartorelo disse...

Meu querido amigo João.

Há entre esse tempo e essa dimensão aquilo que chamamos o tênue da emoção. Não me senti ofendida com os fatos ocorridos em minha correspondência virtual, se é a isso que se refere? Fiquei sim muito magoada pela palavras que foram proferidas em meu nome para pessoas que tanto prezo em estima e amizade. Já passou acho que valorizei demais essa história e se sei que coisas assim nunca escreverei, não tenho com o que me provocar pois meus amigos me conhecem bem rsrsr!! Obrigada João.
O que de melhor esse ocorrido me trouxe foi o desejo de permanecer e aprender tanto com todos vocês. Sim João..como é bom sentir-se querida seja no mundo virtual seja no mundo real o sentimento é sempre igual se sincero for. Vitoriosa sou eu (quando o ego faz bem.)

Beijos João bem grandão!!

Selena Sartorelo disse...

Preocupar no lugar de provocar..engoli a frase que dizia "Para quem gosta de provocar, perder tempo com o que não bom, simplesmente não faz bem. Triste a necessidade que pessoas tem em desagradar " Mas como direi. Já passou.

Helena Oneto disse...

Querida Selena,

Partilho os comentarios de todos os que aqui deixam o testemunho da grande amizade que têm por si. Gosto da honestidade deste blogue.
Selena, voçê é uma linda mulher!

Selena Sartorelo disse...

Olá Helena,

Amo contar história, impressão e expressão de aspecto diferente. O comum de toda a gente. Prefiro as coisas que me ddeixam contente. Evito, mas não me omito do quê discordo piamente. Amo escrever, não sei se pode entender, Mas por tanto respeitar, me pus a pensar demais e hoje não sei falar se não acreditar naquilo que digo, e escrever é outro jeito de dizer. A literalidade do sentimento que não menti, pois minto. Essa honestidade que vê e senti por aqui é sincera podemos sentir, pois quando tem discordância o respeito é tanto quanto esse que deixo aqui.Às vezes acho que sou a única, noutras sinto que sou mais uma. Escrevo porque transbordo. É o meu jeito de deixar vazar e extravasar o olhar. Cheguei aqui sonhando sabia? Procurava um lugar onde as pessoas falassem seus valores, pensamentos e opiniões. E quando não, para que tenha equilibrio com as diferenças de todos os sins. E mais que isso, também as vivesse. Não falo absolutamente de perfeição. Lembro o pouco que já li e tudo o que foi escrito. (Você me lembra a Ví sorrindo. Uma pessoa que conheci aqui também e que tenho uma enorme admiração). Vejo pessoas criando e procurando desesperadamente os heróis...eu acho que estão tão pertos de nós que temos medo de ver, então procuramos sempre em outros lugares... Aaah! Esses momentos são únicos..que ficam guardados no tempo com o mesmo sentimento, seja onde quer, e por quem quer que seja lido. Entre tantos humores, cores e formas, temo sempre o mais importante sentimento. O amor que não poder ser, se sincero não for.

Obrigada! Mas fico feliz em te dizer que meu olhar não é menos belo que o teu rsrs.

Beijos e obrigada

João Menéres disse...

QUANTO PRAZER "ENCABEÇAR" o teu POSSIBILIDADES!
Começo a ser conhecido por ser autor de CABEÇALHOS!

Obrigado pelo prazer que me proporcionaste!

Um beijo até esse IMO !!!

Selena Sartorelo disse...

Oá João!!

Poder e ter a tua autorização é que me deixa muito feliz. Sabes bem que as imagens são de singular importância para mim.

beijos