sábado, maio 29, 2010

TUA!

Àhttp://expressodalinha.blogspot.com
Jorge Pinheiro



ESSA AÍ.

Eu sabia que para você de qualquer forma eu escreveria. Não importa teu nome nem quem é teu criador pois serei eu teu eterno admirador.
Crias-tes a face sem expressão que enternece o coração. Inverte o dentro e o fora entre os lados da emoção. Mostra claro a razão, no reflexo a ambiguidade é a mais pura sensação.O teatro em união. As caras de uma interpretação.
Não é tela posada é espelho do que onde tem sombra lá fora é luz.O corpo quase cansado.De ombros tortos e pesados, mantém os braços largados. Mostra o dia. Mostra a noite. Pelas quatro estações irá navegar, tempestades irá enfrentar,e quiça irá essa passar se os girassóis for alcançar. A luz o horizonte conduz. Nuvem gigantesca da terra se parece o céu enquanto escurece para que do distante medo tivesse. Não ostenta vaidade é tua a simplicipade. Vejo a moça sentada de costa para a da tela pintada, na parede dependurada. Ela espera a ave de fogo que é anunciada na direção da moça de costas no banco ela está sentada. Creia! Ela está bem pintada. Retórno para fora da tela e vejo o interior do cubo mostrado e ao fundo o abismo imaginado.

8 comentários:

Leonardo B. disse...

[anunciada a manhã, resgatado o dia; mais um diurno pressentimento do mundo]

um imenso abraço, Selena

Leonardo B.

expressodalinha disse...

Obrigado Selena. Estou sem palavras. Um beijo total.

Tentativas disse...

Olá Leonardo,

A síntese!

beijos e obrigada.


Jorge

Muito obrigada, eu fico de fato emocionada. E confesso muito envaidecida. E posso dizê-lo por sentimento causado, quando permite que minhas palavras fiquem junto com a tua tela,isso vale para tudo o que escrevo sem entender, mas sim por sentir.

Beijos

expressodalinha disse...

Selena: manda um mail, sim?

Selena Sartorelo disse...

Jorge, espero que volte para ler a resposta, pois não quero que pense que o ignorei. Mas estou sem mail, deletei minha conta.

beijos,

Luísa disse...

Encantada com o que por cá se mostra!!!
Beijinho terno no silêncio de quem nada mais tem para acrescentar a um post tão completo!
Beijinho terno!

Selena Sartorelo disse...

Obrigada por tudo Luísa.

beijo,

Helena Oneto disse...

Selena,
Este texto é lindo! Não é justo que se va embora no momento em que a descobri!
Volte, volte depressa. Entretanto,
Boa viagem!
Helena