sábado, janeiro 16, 2010

GARRANOS - SOBRE VIVER

Foto: João Menéres
Sem culpa! Apenas a vontade de ser feliz.
Com a imperfeição, mas sempre procurando o meu ser um pouco melhor.
Aprendendo o sentindo de cada razão.
Procurando o olhar comum.
Entender o possível que um dia pareceu impossível.
Um presente chamado liberdade.

Há alguns meses atrás o João saia em férias e antes disso ele me enviou um presente, uma tela que calava minha alma naquele momento, pensava se seria capaz de entender o que aquela imagem queria dizer, ou se ao menos tinha coragem de ouvi-las. Mas apesar desse silêncio que ela causava, gritava também. E por várias vezes pensei ter escrito para ela. Mas sabia que não poderia sê-lo antes disso. Não são palavras belas, nem requintadas, novas menos ainda, mas é essa a maneira mais sincera que penso dizer o que sinto, escrevendo. Nunca disse saber, nunca afirmei conhecer, mas nunca menti o que unicamente senti. Isso confundiu a própria sinceridade que se obrigou a equilibrar outras possibilidades.

Obrigada João, muito obrigada.

12 comentários:

ellen disse...

Que linda imagem...
e continue a escrever!
Linda homenagem a esse SENHOR :)

Os Equinos são os bichos que mais adoro!!!


Beijinho

João Menéres disse...

Curioso o facto de HOJE ter pensado em ti ao longo do dia!

SELENA: MUITO BEM O TEU TEXTO.
A LIBERDADE é um presente que nem todos recebem ou nem todos valorizam.


Agora, tenho que mandar a imagem para a minha fada e ver quando posso editar no Grifo Planante...
Apanhaste-me de surpresa!!!

Mas, MUITO OBRIGADO e UM BEIJO ENORME!

Ana Martins disse...

A foto é maravilhosa, como presente, é magnifico.
Quanto a si obrigada Selena, pela preciosidade que é este texto.

Beijinhos,
Ana Martins

Luísa disse...

Não há palavras para as suas palavras lançadas desta forma!
Sempre muito bem cuidadas, com uma maturidade invejável no sentir e no olhar oferecido a quem a lê!
Muito obrigada por toda a partilha no crescer...
Beijinho terno!

Fernando Zanforlin disse...

Como conquista, ainda que demore, a liberdade será a melhor maneira de me aprisionar na certeza que em espírito vou onde quero.
Ab.

expressodalinha disse...

Selena: ontem à última hora decidimos fazer uma jantar de blogueiros aqui em SP. Confusão de contactos, dividi tarefas com o Eduardo e algures na confusão eu julgava que ele a iria contactar e ele o contrário. Resultado, perdemos o seu convívio. Lamento muito pois adorava conhecê-la. Amanhã às 4 h saímos para SC e depois saio pelo Rio. Vai ter de ficar para a próxima. Faço questão de q me fale se fôr a Portugal. Um beijo e pf não fique zangada comigo.

Hod disse...

No então somos mantido em cativeiro permanentemente. Pelo trabalho.Pela opinião dos outros.Pelos reflexos dos espelhos e vitrines. Pela moda. Por estilos de vida suícidas. Reféns da culpa ou da manipulação.

Um tema excelente Selena,

Forte abraço com muitas bençãos,

Hod.

myra disse...

realmente fantastica a foto do Joao, que bom que colocou aqui!
beijos,
minha querida Selena, teu texto, gostei imensamente

Sandra disse...

Já havia visto no blog do amigo João, esta bela tela.
A liberdade é um grande presente que temos..
Seja em todos os seus sentidos.
A vontade de ser feliz, nos fazer ser ainda melhor e vivermos em liberdade, para usufrir, tudo o que temos de direito.
Parabéns amiga, pela postagem tão significativa, para ti.
Um grande abraço.

Já estamos na coletiva.
Que tal vim dar uma olhadinha??

Venha conferir
http://sandrarandrade7.blogspot.com
Ficarei feliz com a sua visita..

Este é o momento, em que colocamos, todos os nossos momentos de alegrias e afeição.
Tudo o que tem um grande siginificado em nossas vidas, fica ali, aqui registrados.
Com muito carinho, te espero para compartilhar.
Sandra

Regina d'Ávila disse...

Amiga,
Texto lindo..imagem maravilhosa!
Palavras sinceras..de coração.
Beijos

myra disse...

um grande beijo, vim ver se tinha alguma novidade, e como nao tem te deixo somente meu beijo com carinho,

Selena Sartorelo disse...

Olá Ellen,

Tentarei continuar escrevendo sim.
E quanto a homenagem certamente um dia o farei com o mesmo talento do homenageado.

beijos e obrigada.

Olá João,

Fico muito feliz que tenha gostado, espero que entenda que aqui não tem poesia apenas os meus sentimento diante de tamanha beleza.

beijos meu querido amigo.

Olá Ana,

Obrigada de verdade!

beijos,

Olá Luísa,

Por teu entendimento vale a pena correr esses risco.

beijos ternos

Olá Fernando,

Que alegria te ver por aqui, sinto-me bem com isso, pois ultimamente tenho visitado muito teu blog.
Viver na intenção de prática do sentido...rsrsr!!!!!! ou manter-se na assim.

beijos e obrigada pela doação de seu tempo.

Olá Jorge,

Hummmm!!!!!! Eu entendo as razões mas confesso que fiquei muito triste principalmente por saber que não poderia comparecer de maneira alguma pois tive que fazer uma viagem de ultima hora...Fiquei muito feliz em poder ver que teve uma boa acolhida o que não poderia ser diferente tendo em vista que são seus anfitriões...Divirta-se e observe ainda mais...ficarei ansiosa para ler suas impressões.
Falarei.

Zangada eu? O que você acha? rsrsr!!!


beijos meu querido amigo.

Olá Rod,

No entanto a coragem nem sempre caminha ao lado da desejada sobrevivência.

beijos,

Olá Myra,

Me perdoe ainda não fui visitar seu novo blog,irei sim com muito prazer pode estar certa.

Obrigada pela visita. E não deixo e nem me canso de repetir o quanto me faz sentir lisonjeada cada vez que vem aqui.

Olá Sandra, Seja muito bem vinda e agradeço muito tua significativa opinião, e muito pelo convite.

beijos,

Olá Regina,

Obrigada minha amiga, mas a imagem ainda é uma das maiores musas da arte, e essa traduz bem as diversas inspirações que pode causar.
Sincera? Sempre...até mesmo quando minto rsrsr!!!

Não demore, sentiremos sua falta.

beijos,

Olá Myra...

Outro grande beijo para você também.