domingo, novembro 22, 2009

Caindo no óbvio...

Acame o pensamento sempre em companhia de sentimentos sinceros.
Tolere a repetição atormentada por não entender que o pensamento novo não necessariamente é complicado.
Não critique antes de sentir que o saber é valioso demais se for compreendido.
Leia palavras com a emoção com que foram escritas e a lógica que foram pensadas, não credite a elas o que não lhes pertence.
A paciência somada a sabedoria resulta em maturidade, não concorde nem cale por ignorar o significado, pergunte!
Não polemize por arrogância e insegurança, ouça! As dignidades são muitas e diversas, a essência é a mesma. Pratique seus pensamentos com a ética que as coisas têm, mesmo que o único testemunho seja você. Palavras não copiadas, palavras sentidas e pensadas por serem vivenciadas com a imperfeição de ser.

8 comentários:

Ángel Corrochano disse...

Somos imperfectos, desde luego, el problema es cuando no queremos reconocerlo. Excelente declaración de principios de humildad, raciocinio e inteligencia.
un abrazo

myra disse...

excelente texto, e assim deve ser, e sinceridade antes de tudo!
beijos,

angela disse...

Selena
Palavras são tmperfeitas e carregam no seu significado a esperiência de cada um e essa é sua riqueza e sua deficiencia também.Com razão você destaca a sinceridade pois é essa que permite a aproximação com o outro.
E você tem um talento especial para junta-las e produzir belos textos que carregam sentimentos.
beijos

Noslen ed azuos disse...

Sabias palavras minha poetisa do instante e dos belos, bjs

ns

Lunna disse...

Vá além de si mesmo, mas não abuse dos seus limites, eles existem para que você não abrace o precipicio ou mergulhe de cabeça onde não há água.
Vá além de si mesmo e aprenda que existe muitas coisas por aí, você não é o centro do universo, mas está nele como muitas outras pessoas.
É urgente a vida, é urgente o sentir, o pensar, o sorrir...
E vamos nós.

Ps. Toda vez que venho aqui saio dizendo coisas. rs Culpa sua. rs

Beijos e boa semana carissima

Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.

Luísa disse...

Fantástico!
Jamais se poderá copiar esta delicadeza no saber dizer!
Beijinho terno

Selena Sartorelo disse...

Olá Ángel. Obrigada! Coma mais pura verdade eu te digo que pensava com essa intenção o meu escrever. Tuas palavras traduzem os pensamentos.

Beijos.

Olá Myra. Obrigada minha querida amiga de muitos dons. Obrigada com todo o respeito que merece.

beijos,

Olá Lunna,

Que maravilha poder ler isso. Que maravilha saber que pensa no que escrevo demonstrado em tantas palavras por você pensadas e sentidas na escrita. Por esses comentários quero sempre ser culpada rsrsr!!!!!!

beijo e obrigada.

beijos,

Olá Angela,

Esses dias fui a Vila Madalena e lembrei-me de você, pensei como iria reagir diante de alguém que me dispensa palavras tão únicas. Uma distância que não se mede, um sentimento que não impõem. Uma sinceridade que afaga a lógica do que é real.
Obrigada!!!

Beijos,

Olá Noslen.

Homem de soberbo elogio.
Não mereço tais palavras
Que encanta e seduz
Palavras que do mundo são
Cria e recria a própria energia
o desejo do pensamento
da pura utopia.

Olá Silvana,

Obrigada pela visita e pelo convite. Irei conhecer seu blog.

abraços,

Olá Luísa,

O medo da pretensão me apavora.
A ignirância
do não saber
o não entender
Enlouquece e desola
O respeito me vence.
A alegria me faz corar
E a humildade me envergonha.
A covardia de acreditar.

Obrigada, beijos




beijos