quarta-feira, setembro 16, 2009

Meio desajeitada


Achei-me na obrigação de dar uma explicação.

Odeio gente humilde demais. E jamais, quero passar essa impressão

Sou de outra geração só troquei a dimenssão

Não tenho a mesma ambição, muito menos pretensão.

Fiquei fora por saber, pois tinha medo, que isso iria acontecer.

Então, apesar de incentivar, amar e me inscrever

Nao pude ao combinado comparecer

Não tenho roupa adequada e nem sou bem educada

Cultura quase nenhuma , sou muito limitada

A única coisa que tenho, é minha sinceridade

mas poupo-lhes dessa coisa grudenta

Não precisa explicar , o que é de fato

é claro já estar.

Não sou artista, sou apenas uma "escrivinhista" ou uma so "nhadora"

Brinco de todos os lados e às vezes falo engraçado

A rima que dá o tom, cômico ou trágico

Vai só da intenção.

Não suporto o meu diário mas vivo caindo nesse ordinário.

Passeei por lugares incríveis, conheci pessoas, estive em suas casas, compartilhei aquilo que elas mais gostam de sentir.

Cultivei amizades que ainda não consigo saber se as posso merecer.

Aprendo o tempo todo, mas pouco tenho a dizer e menos ainda a oferecer.

Sinto por muitos, não por todos é claro, o bem querer de uma amizade sincera.

E por isso achei um bom pretexto para escrever outro texto.

24 comentários:

Luísa disse...

Quem te bajula em comentários, Senhora das palavras soltas, prontas e nada rotas?
Se algum dia alguém te vier magoar, só terás que avisar para a "liga dos amigos blogueiros" poderem actuar.
um por todos e todos por um, é o lema das boas pessoas que por cá andam.
Beijinho terno

Chica disse...

Não sei o que aconteceu, porém teu texto desabafo ficou muito legal. Precisamos falar, colocar pra fora( eu que o diga, semana passada quase me fui pro outro andar, por ficar com choro engasgado)...Agora, me segurem!rsrssr beijos, tudo de bom,chica

Selena Sartorelo disse...

Olá Luísa, olá Chica...Não. Não é nada disso! Estou sempre a me deliciar com tudo o que leio e os lugares que frequento.
Trata-se apenas de um pretexto para escrever outro sentimento.
Obrigada pela preocupação mas não é essa a intenção.
Amo escrever e simplesmente sei o que não sei fazer.

Sempre recebo os mais inteligentes e bons comentários, aqui nessa casa só tenho boas visitas como vocês bem podem ver. E que tudo seja assim divertido e interessante para vocês e também para mim.

Beijos.

angela disse...

Pois então arrume sempre um pretexto.
para escrever a delicia desses textos.
beijos

Conceição Duarte disse...

Minha linda, ainda estou sim na terra edo Mickey, vendo tudo por aqui muito barato e mudado depois da crise mundial economica. Mas nada que o americanonao de o seu jeito, e logo estarao fortes novamente hehehehehehe Muito bom e interessante estar por aqui once more time...

logo volto e adorei a danca de roda que deixastes para mm....

bjbjbjbjbjb CON

olivia disse...

Texto maravilhoso, encantador,
Um grande abraço

Cris Caetano disse...

Tanto desabafo... Continue sonhadora, escrevendo e rimando porque dá-me gosto em ler. :)

Beijinhos

Selena Sartorelo disse...

Olá Angela...Pois é, então!

Fico numa censura danada com a emoção e acabo deixando de escrever o mais que gosto de fazer, que é sentir esse viver.

Não vou dizer que é tudo ficção, pois eu acho que não!
Mas se digo que é vivido também estaria mentindo.
Deve ser talvez essa tal percepção que vem sem explicar quando eu bem ou mal aprendi a falar, e agora ponho-me a pensar, quem derá fosse verdade e não apenas palavras imaginadas.
Hoje num dos blogs que conheci atráves da BlogGincana. Esse a que visitei,indicava um outro por causa de tudo, mas principalmente pelo perfil que usava uma frase que também usaria se de fato lembrasse dela, desculpe não me lembro das palavras agora, não me lembro das palavras corretamente, mas lembro que falava do normal que é ser gente, onde Clarice Lispector em toda a sua densidade nos apresenta tantas possibilidades. Mas enfim! Acabei brincando de novo com muita seriedade.rsrs!!!!!

Beijos e obrigada

Olá Conceição,

Pois está nas terras do Tio Sam. E convenhamos umas comprinhas às vezes são necessárias.

Afinal por que pagar mais caro numa futilidade brasileira se podemos pagar por uma americana e em dolar não é mesmo?!!!rsrs

Fortes eles já devem estar. É que são prudentes e não dizem imediatamente!!! rsrsr

Sei o que fala, estar no mesmo lugar mas em tempos diferentes, sim é muito atraente essa nova perspectiva, e ter outros pensamentos e sentimentos mais significativos parece. Tudo isso de novo num lugar que você já conchecia, eu penso que já tive algumas dessas reais sensações.

Vou voltar lá e reler assim lembrarei melhor o que escrevi, porque é claro que lembro só o que senti, mas também o que mais importa não é mesmo? Até parece que não, sei!! Sou definitivamente absurda nessas afirmações rsrsr.
Mas voltando a cantiga de roda. Nossa falou de dança de roda e eu lembrei de cantigas de roda, há quanto tempo que não às ouço...que linda comparação, obrigada é mesmo muito gentil de sua parte dizer isso. Mas podemos então cantá-la hoje na festa do Jorge. Álias quando puder de uma olhada na BloGgincana que o Eduardo e o Jorge organizaram...quer saber? Fiquei emocionada pela repercussão, simplesmente um grande sucesso, como não poderia deixar de ser. E amanhã tem a vítima da quinta também, e na sexta a festa do Jorge e da Roserouge do Absolutely......ufa!!!! estou com a agenda lotada, nem sei se poderei sair de casa rsrsr!!!

Está fazendo falta com seus comentários educados, inteligentes e engraçados, mas não se preocupe vamos deixar um bom pedaço de bolo guardado para você...e guloseimas também tá rsrs?
Beijos e divirta-se.

Olá Olivia, Obrigada por sua visita e fico feliz que tenha gostado do texto.

beijos,

Olá Cris, Seja bem vinda e obrigada pelo que diz aqui..

beijos

Maria Augusta disse...

Tive a impressão que você fala neste texto sobre o porquê não está participando da tarefa do Bloggincana, será que me enganei? De qualquer forma, a blogosfera é inspiradora em varios sentidos, a prova é este belo texto com o qual nos presenteia.
Um grande beijo.

Georgia disse...

Ainda bem que foi só uma outra maneira de se expressar,
entao nada de se estressar;
Pensei até que alguém tinha pisado no seu calo, rs; ai, que se for assim eu nao me calo;rs

Ai, ai, ai que esse seu blog é contagioso; já estou eu tb pegando a mania de rimar, ahahahahah!


Um beijo grande

Fernanda disse...

Amiga Selena!
Você é um dos meus três Blogueiros preferidos...
Continuo adorando chegar e tomar aquele cafézinho enquanto leio teus textos sempre muito inteligentes...
Uma bjk
Fernanda

Selena Sartorelo disse...

Olá Minha querida Maria Augusta, não faz idéia o carinho que sinto quando escrevo essas palavras...Um respeito cuidado e que está sendo construído baseado nos melhores sentidos.
Sim. Tem toda razão, foi o episódio por não ter participado da BlogGincana que me inspirou esse texto, uso tudo o que posso como pretexto para escrever , simples de sentir mas difícil de explicar por assim dizer, mas vou tentar.

Mas antes você precisa me responder se realmente vai querer ler? Pois é uma longa e feliz história que me aconteceu, e eu nunca antes contei... meio literal por ser romântica demais, e meio real pelo fato de ser, entende o que quero dizer?

Óbvio que não vou esperar a tua resposta para contar, mas preciso de calma prá não me atrapalhar (o que sei! Ser fácil de ocorrer) Estou escrevendo, como pode perceber, para mim, isto aqui está longe do simples dizer, encontro nas palavras a tradução do meu entendimento, mas tudo isso é só sentimento...achar que consegue esses através da palavra escrever e passar.
Sei que não sei escrever, e não falo isso para ouvir o contrário, eu não posso saber, eu não estudei, simples assim, isso não é novidade para mim, eu estudei muito pouco, precisava sobreviver e não tinha tempo de parar para entender o que sentia... (hummmmm!!!é uma longa história e iria te cansar, vou resumir e apenas dizer a todos o imenso e honrado prazer que tenho em conhecer pessoas tão especiais que são vocês.
( aparte : A Jaque nesse momento me trouxe um café passado agora que gostaria que você experimenta-se para sentir como está forte e encorpado, café brasileiro, meu paladar não é apurado, pois só tomo café adoçado..mas está tão bom!)
Às vezes penso que podemos ser cem para um, e ser um para cada um, e conseguir ficar longe de tudo isso e não sem ser nenhum, ainda não consegui fazer essa conta rsrsr e o raciocínio está meio assim, mas creio que a essência é a mesma quando existe percepção séria e sentimentos verdadeiros.
Quase como um outro idioma do pensamento...sei lá.
É isso que eu digo, isso que acabei de escrever eu já tinha pensado mas ainda não havia sentido.
Enfim! Não posso mentir para mim.
Estou me divertindo muito nesse universo, aprendendo demais é verdade, como nunca antes aprendi.
Mas não tenho nada mais a fazer do que observar e não concorrer.
Não posso indicar, escolher pessoas que já foram eleitas por competências conquistadas, são elas mais que três eu admito, mas é também menos que todos eu confesso.Como não quero quebrar as regras e outros dos felizes objetivos a serem alcançados e tão bem pensado pelo Jorge e O Eduardo eu estou atingindo, então vamos a isso. O bem ler , conhecer dos tons diferentes do saber.

Beijos minha querida e espero ter te respondido. Ufffa!!! rsrs

Olá Georgia,

Você é mesmo um encanto menina, como diz o João somos a nossa própria diversão, tudo com tanto carinho e respeito que não entendo esse amor direito rsrsr!! Essa foi prô cê!! Eu só recebo presentes, pois quando temos opiniões diversas é que somos respeitados e não apenas adulados. E não é absolutamente esse o caso.Foi uma dessas inspirações que são trazidas pelos sentimentos e os acontecimentos que provocamos em nossas vidas, na mas. Mesmo sendo um texto de difícil confirmação preciso sair dessa ilusão rsrsr!!!!!!

beijos minha querida.

Olá Fernanda,

Que bm que é ter você aqui, às vezes ficamos tempo sem nos visitar não é mesmo, mas sei de onde vem teu olhar então teus olhos sei que aqui também estão.

Minha querida amiga você é uma das primeiras blogueiras que conheci então (vai lá, a Georgia que vai gostar dessa...A intimidade às vezes é uma m...não é?) rsrs
Falo isso pois ainda não tinha recebido essa mensagem quando estava escrevendo o comentário da Maria Augusta..lembra aquela tal sintônia rsrsr!!!
Obrigada.

beijos

O que elas estao lendo!? disse...

Oi, tudo bem?

Sei que você é seguidor/a do blog e gostaríamos de te convidar a fechar este ano conosco com uma resenha sua para o nosso cronograma de fim de ano.
Sim, já estamos trabalhando com as resenhas para o último mês desse ano e os seguidores do blog sao os nossos convidados.

Você poderá fazer uma resenha de algum livro que você já tenha lido; Que tenha gostado ou nao.

Mas antes dá primeiro uma olhadinha no nosso arquivo para nao enviar uma resenha que já tenha sido postada.

http://oqueelasestaolendo.blogspot.com/2008/04/o-que-elas-esto-lendo.html

Obrigada Georgia e Flávia

Regina d'Ávila disse...

Querida Selena,
Não poderia deixar de vir, aqui, agradecer todas suas doces palavras.
Fiquei, realmente, muito feliz com toda brincadeira..
Senti, agora, pelo seu post, que você está (ou esteve) triste, mas espero que tudo passe rapidamente.
Um grande beijo,
Regina

Selena Sartorelo disse...

Olá Regina D'Ávila, Eu, é que te agradeço pelo bom humor e simpatia, do mais é sempre muito bom participar dessas reuniões da vítima da quinta não é mesmo?
Fico muito feliz que tenha se divertido, a intenção é exatamente essa eu imagino srsrs!

Quanto ao post, agradeço muito tua preocupação, mas deixei aqui apenas algumas das impressões que tenho,e em algumas de suas linhas felizmente, são opostas a minha vivência.

grata,
Selena

Lina Faria disse...

Sensivel Selena,
pena eu não dispor de tempo suficiente para curtir todos teus escritos. Mas os poucos que leio, me delicio.
bjs, Lina

Selena Sartorelo disse...

Olá Lina Faria,

Mulher de poucos e suficientes palavras rsrsr!!!.


beijos

Sandra disse...

Ola Amiga.
De tanto ouvir falar em vc. que vim conhecer seu blog, e ver as coisas sensiveis e belas, bem natural que sai de vc.
É um prazer conhece-la.
Já passei por aqui outros momentos, mas agora registro minha passagem, se ainda não o fiz.
Conhecer pessoas novas e maravilhosas é sempre um grande Prazer.
O diário não deixa de ser um Ordinário.
Vejo que tens uma vitrine muito interessantes de pessoas, aqui. Também tem recebidos as pessoas, legais, assim com a regina, O Joaão, que é uma pessoa fabulosa.Aprendi muito com esta criaturinha Divina.
Este povo legal da Quinta é o maximo.
Olha estou participando da Gincana do Edu. Foi por causa desse momento que vi, vc em vários blogs. Estou visitando todos. Até parece que fui eu quem ajudei. rsrsrsrs. Mas adoro esta participação. Conseguimos conquistar e construi novos amigos.
Foi assim que criei o meu blog, uma Interação Entre Amigos. Partiu da primeira participação na tertulia Virtual, promovida pelo edu. Hoje já conquistei muitas pessoas. acredito até que vc. já tenha passado pelo meu blog. Não me lembro bem.. Mas o importante é que agora estou aqui.
Será um prazer receber vc. em minha casa.
Com muito Carinho e Prazer.
Sandra

Andreia disse...

Olá Selena que texto interessante!
Gostei do tema, foi tão original que a Chica se preocupou, viu!
Gostei do teu cantinho, beijosss....

Selena Sartorelo disse...

Olá Sandra...Agradeço muito tuas palavras e concordo quando diz que esse universo é muito interessante de frequentar, conhecemos sim, muitas pessoas boas...que bom que esteja bem, fico feliz em saber.
Obrigada pelo gentil convite e pela visita, sua visita é sempre bem vinda.

beijos,

Olá Andréia...Que bom que gostou...a Chica é uma querida..mas acho que já expliquei rsrs!!!

beijos e obrigada pela visita, seja bem vinda.

Caçador disse...

"Aprendo o tempo todo, mas pouco tenho a dizer e menos ainda a oferecer."
Menina, isto não se diz, porque não é verdade, nada mesmo. Oferece amizade, palavras meigas e doces, poemas, risos... um cofre cheio de preciosidades, tesouros. Nunca ninguém me tinha oferecido um poema, foste a primeira, e isso é uma grande responsabilidade, é como diz a raposa do Principezinho: cria laços, elos, correntes.
Eu venho aqui sempre, não escrevo sempre porque por vezes não sei que dizer.
Por isso, não repita a graça... OK?

E beijos, ciao.

Selena Sartorelo disse...

Olá Caçador...

Existem textos que tem de tudo um pouco, o bacana é saber o que é poema e o que é o autor..vai de cada leitor. Não fique preocupado são apenas impressões de um momento observado...muito sentido e significado.
Tuas palavras, são ternas e delicadas, lembro do poema e fico feliz que tenha postado aquele caçado pois me trouxe a feliz lembrança da minha infância.
Espero que como hoje nunca saiba o que dizer, pois não saberia te responder se soubesse.

beijos menino!!!!!!!ciau e boa semana prá você.

ellen disse...

Sê você própria e irá gostar do que vai descobrir em si :)

beijinho

myra disse...

vou por todos os lados no teu blog, e gosto, gosto, muiiito!
beijos,