terça-feira, junho 23, 2009

MOMENTOS

Foto violino autor desconhecido: Fonte Google

1 -2 -3, não necessariamente nessa ordem..

MOMENTO - DOIS

Que lembra grilhão
ferro que queima bicho com a letra do nome do dono.
Lembra sentimento marcado de gente capaz do outro marcar.
Brasa que queima sem dó
Ferida que deixa marca eterna na carne e na alma.
Que lembra dor
e a vontade de ser livre.
Intensamente quente.

MOMENTO - UM

A soberba do infinito
que não entende nosso limite
que a visão acaba
que olhar é mais que conseguir longe ver
Mas o saber de perto focar
e perceber esse olhar.

Foto:Carla Tavarez
MOMENTO - TRÊS

Gosto dos momentos de transição
Gosto do amanhecer
Do crepúsculo ver
e sentir outro ser
Um reconhecimento de um sentimento
que outrora existiu
a lembrança eterna do morrer
e ter entendido o viver.
Tua luz trouxe saudade
Do dia que se esvai
Da noite que logo vem
E desse momento que é único sempre
prá cada ser.
O entardecer e
renascer

Em outros
lugares
e olhares
diferentes
sentires

10 comentários:

O Profeta disse...

É apenas um nome cara amiga, sem presunção. O meu respaço é apenas uma forma de pintar com as palavras...apenas isso...


Beijinho terno

O Profeta disse...

Quanto ao seu post...fez-me passar um nobre momento...


Doce beijo

Adolfo Payés disse...

Que belleza de poema..
Saludos fraternos con mucho cariño
un abrazo

Besos

Selena Sartorelo disse...

Olá Profeta...obrigada por responder, acredito sim, meu amigo, mas não evitei em dizê-lo, não tive a intenção de magoá-lo, sei que entendeu minhas palavras, pois, por bom escritor que é faz-se ainda um melhor leitor.

Estarrecida
Extasiada
Maravilhada
Por ter sido assim pintada
Paro diante de ti e vejo nem mais nem menos do que minha própria alma
Muita pretensão tal ambição
Mais que a feliz surpresa em encontrar palavras perdidas num pedaço de papel e não lembrar de tê-las escrito.

Olá Adolfo,
Obrigada pela visita meu amigo.

beijos,



beijos,

tonholiveira disse...

Que momento em Selena!
Lindo!
Momento três me tocou direto!
Beijos!

Selena Sartorelo disse...

Oi Tonho,

E foram sim, um momento que sinto ser especial, o momento em que escrevo esse sentir.

Beijos e obrigada meu amigo.

Chris disse...

Gostei dos outros lugares, dos olhares e dos dieferentes sentires...
Cumpts,
Cristina Fernandes

Chapa disse...

Olá Selena
Estás oficialmente autorizada a usar e abusar de qualquer fotografia que gostes na Bloguite.
Um abraço e continua a deixar-me os teus deliciosos comentários.

Selena Sartorelo disse...

Olá Cris, seja bem vinda e obrigada.

Olá Chapa...muitoooooooo, obrigadaaaaaaaaaaaaaa!

beijos,

L.Reis disse...

...quem dera poder separá-los assim em 1...2...3...mas a vida não deixa...a vida teima em ser tudo, a toda a hora...ao mesmo tempo.