quinta-feira, março 26, 2009

CONTE


Hoje! Muita gente eu conheci
Quantas outras eu revi
Perto de algumas eu parei
Outras nem reparei
Algumas muito eu gostei
Essas é certo eu guardei
Nesse caminho corrido um conto me foi pedido
Esse que não consegui escrever,

mas outro eu lembrei
E na bagunça de meus arquivos eu o encontrei
E agora, o que mais me resta?
Ele!

E eu postei.


VERBO


Canto que conto canta...
*sobre todas as coisas
sobre a vida
sobre a morte
sobre o ser
sobre o viver.

Conto que canta canto...
do meu peito
da minha alma
do meu sentir.
*Na ciranda do mundo
vou sofrer
vou sorrir
vou amar
vou querer

Canto que conta conto...
de amor
de tristeza
de alegria
de saudade
*Sem aviso
para ir
para chegar
para simplesmente
matar


Canto conto, que conta...
a guerra

a fé
a paz
*Feliz despedida

Conta canto, que canta
que mente
que fere
que vai
que dá

*Recado

teu
meu
de ninguém


Conta canto, canta conto
prá nascer
prá sobreviver
prá ver
*A paz que eu não quero
igual
oca
sem sal


Canta conto, conta conto

Da infância, brincadeira de criança
Do novo, explodindo a vida
Do lobo, apenas sabendo ser mal
*Muito pouco
sei
entendo
espero.

CantoTudo
Nada
sempre
*Casa pré-fabricada
comigo dentro
*Conta outra
nunca mais
*Minha alma
tua paz.


Conto...
meus segredos
minhas dores
meu ventre
*Caminho das águas
limpas
turvas
calmas
profundas


Canta...
capela
solo
intenso
*Mal intento
no ser
mas nunca no viver.
quando ouço minha alma
fico surda,
fico cega,
fico viva!
Um sentimento incrível!
Meu!
Indescritível
Nada mais importa
meu peito explode!



(todas as frases marcadas referem-se aos títulos das canções contidas no CD SEGUNDO da interprete Maria Rita)


p.s. uma brincadeira para "quem conta um conto aumenta um ponto".

15 comentários:

Carmem disse...

Que lindo amiga...

Parabéns!

Beijo pra ti...

tossan disse...

Ao poeta a luz,
a poesia a beleza,
a vida a poesia,
a tua poesia
Beijo

Adolfo Payés disse...

Hermosos tus poemas siempre, es un placer leerte, disfruto tu ternura en versos..

saludos fraternos

un abrazo con mucho cariño

besos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Quase uma bela canção....
Bom final de semana amiga. beijos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Tem poemas que são canções, este é um deles.
beijos

Selena Sartorelo disse...

Olá Carmen,

Que bom que tenha gostado e que esteja aqui...Ah propósito adorei o que escreveu sobre o seu perfil.

beijos,

Tossan,

Artes que se falam...acho que é assim que deve ser também.

beijos,

Adolfo,

Sempre muito gentil, obrigada e bom final de semana para você também.

beijos,

Olá Martha, rsrs...Obrigada pelo delicado e simpático comentário...um dia talvez eu consiga merecê-lo...como sempre penso e as vezes digo - Infelizmente eu sei o que eu não sei, mas estou tentando aprender, pois amo escrever.

beijos,

Bom final de semana para todos vocês.

NESSE MOMENTO
Desejo que dêem muita risada, mas que sorriam também - que perceba e sinta o tempo de tua existência e sinta todo o amor ao seu redor pois é sinal que sobre ele você saiba pensar e sentir num equilíbrio que lhe permita errar e com esse erro de novo tentar. Que não se cale quando alguém não for gentil com você ou perto de você. Mas fale, com toda a gentileza do mundo.
Quero que você ame o ser que participa da tua intimidade e compartilha com você os sentimentos mais diversos e possíveis, tendo como código o respeito, principalmente por não ser submisso á tí.
Quero que olhe para o mundo e perceba o interior da "cebola" ( lí no 12Efe)
E com o sentimento mais sincero que tenha, faça-me perceber as possibilidades que a vida me apresenta.
Quero que você deseje sempre para o outro aquilo que melhor deseja para sí ( não sei se termino com mesmo)
Uma questão de escolha.
Então desejo á todos vocês, que todos sejam muito, muito felizes dentro de cada e toda vida possível.

beijos,
p.s. Acho que me empolguei!!!!!rsrsrs.

Anônimo disse...

Pois é,Selena,

A vida é como uma cebôla;você descasca,descasca,descasca..e ao final,vê que a vida era a própria cebôla.
Crie também HaiKais.

Beijão

Günther.

Cristiana Fonseca disse...

Olá Selena,
Que maravilha vc postou e criou.
Belíssima poesia.
Belo final de semana
Beijos,
Cris

Selena Sartorelo disse...

Olá Günther, não tinha ido tão profundo assim na coisa da cebôla, mas já que você insisti tanto...rsrsr
Vou tentar o Haikais, mas não sei como fazer.
beijos,
Selena.

Olá Cris,
Falando em criarrrr, já estamos com saudades do teus desenhos...mas sei que sou egoísta..mas sei queestá ocupada com muito trabalho o que também é muito bom.
Bom final de semana,
beijos,
Selena

disse...

Selena conto que encanta...quanto a cebola do Gunther....nem sempre choramos ao descasca-lá...quando se aprende a colocá-la sob água corrente e passgeira...tudo parece mais fácil...!
Bjkas

Tata disse...

Oiiiii,

Nossa que lindo!!!!!!
Adorei isso:
" Mal intento
no ser
mas nunca no viver.
quando ouço minha alma
fico surda,
fico cega,
fico viva!
Um sentimento incrível!
Meu!
Indescritível"

Quando a gente ouve os sons da nossa alma, se sente VIVA, é concordo é um sentimento único, particular, indizível, indescritível!!!

Amei! bjinhos

Selena Sartorelo disse...

Olá Ví,

Obrigada por tuas palavras...

E sempre lembro e tento usar essa receita do olhar na cebola nos pratos que a vida prepara...
Mas sabe, que ás vezes eu coloco um punhado de açucar nessa cebola também rsrsrs...
Vou emprestar meu livro de culinária pro Günther...tenho a impressão que ele será se já não for, um excelente chef de cozinha, uma arte rara, a arte do paladar, do olfato, e do enxergar.
O saber cozinhar...rsrsrs
Entre molho e tempero
massa e cordeiro
nada se realiza sem
a mão do cozinheiro
que tranforma a vida
alimento e comida

beijos aos dois,

Olá Tata,

Gosto e agradeço muito os comentários que recebo mas gosto também dos teus comentários... sei que quando não comenta é por que não gostou ou simplesmente não leu...e olha respeito muito - mas confesso, adoraria saber onde erro mais - para alguns erros eu até tenho explicação, mas para outros é pura preguiça.
Mas em compessação quando comenta transmite uma energia, empolgação, euforia verdadeira, sinto realmente que gostou, mesmo que tenha sido apenas naquele momento.

beijos e obrigada,

Salve Jorge disse...

Se quem conta
Um conto
Aumenta
Um ponto
Quase fiquei tonto
Com cada canto
Do que canta
Tanto encanta
Ímpar monta
Que além do espanto
Fiz janta
Do teu esperanto...

ellen disse...

Ainda bem que apareceu por lá :)
e obrigada pela sua brincadeira. Adorei.
E prazer em conhece-la Selena!!!

Seu Blog é muito bonito e voltarei.

e...
além da brincadeira no meu Blog
traga consigo o Presente de Páscoa e o novo Bouquet de Abril. É oferta :))

Beijinho

Selena Sartorelo disse...

Oi Ellen,
Obrigada pela recepção...e seja sempre bem vinda aqui também.

beijos,