quarta-feira, fevereiro 04, 2009

O CAUSO DA INTERNET




Sinceridade objetiva

Uma história desde o começo...
Liguei o computador e fui acessar minha página do Orkut..nada acontecia..entrava uma mensagem que nunca tinha visto antes, mas teimosa que sou continuei tentando , e nada continuava a acontecer...fucei tanto que cheguei em uma página em que o Orkut me pedia para contar a minha história e se queria compartilhar com eles.
Hum, pensei..adoro escrever poderia escrever uma história com esse tema e mandar para eles não é? Quem sabe eles gostam e depois me contratam para escrever no site.
Mas daí eu pensei...não seria honesto..hum não quero..escrevinhar eu treino no meu blog, pois lá todos sabem que não sou profissional e estou apenas querendo aprender a fazer o que descobri amar fazer.
E continuei olhando prá pergunta e pensando. – Mas como vou deixar desse tamanho mesmo essa historia? Mas por que raios eu contaria uma história minha para eles? Falaria de vida, problemas, meus filhos talvez? Hum...acho que não.
Porém, reli a pergunta e fui lembrando bem devagar e descobri que tenho uma história com o Orkut, então respondi.
- Sim. Eu gostaria de compartilhar a minha história com vocês. E foi então que me pus a escrever, direto no site é claro, como sempre faço...usar o Word? Bobagem..não sou profissional e eles vão entender é claro..no máximo releio antes de enviar.
E numa empolgação maluca comecei a teclar.

“Abri uma conta no Orkut há alguns anos atrás, porém após algum tempo eu a excluí, alegando que meu computador tinha contraído um vírus e acabei perdendo muitas coisas. Enfim a explicação ficava por aí.
Mas, na verdade ..para os mais íntimos eu explicava que tinha ficado de saco cheio dessa invasão de privacidade...Invasão essa que eu permitia, porque o Orkut me oferece ferramentas que mantêm a minha privacidade, então minha alegação não tinha fundamento, mas não era questionada pois era a mesma usada por muitos. O que na verdade também era uma outra forma de se enganar...Pois na verdade eu não tinha coragem de acionar essas ferramentas e negar pessoas que não eram mais desejadas..álias nada pessoal..simplesmente é porque tinha muitas pessoas lá que eu nem conhecia, e na ânsia de ter números, pois era uma mecanismo novo para mim...eu esqueci da qualidade..então quando percebi isso..Sim! admiti que não tinha privacidade porque era uma covarde , então exclui a minha conta e continuei ouvido e alegando as mesmas coisas.
Ah! Esqueci de comentar que essa é uma história única, pois é a primeira vez que está sendo contada, e, em sua íntegra...e nem preciso mencionar que é inédita e real...álias acabou de acontecer.

- Bom, acho que me perdi um pouco mas não vou voltar para não perder a originalidade.

Então passado algum tempo eu sem perceber já tinha aberto uma outra conta...na verdade eu percebi sim. Era final de ano e trabalhava muito, e fui acometida por uma nostalgia....amo o que faço e comecei a perceber que perderia contato com muitas pessoas, e mesmo, ás que voltasse a ver...ainda assim, queria manter contato e saber como estavam indo , e falar de como ia também. E foi aí que comecei a mudar o meu texto sobre o Orkut e o fantasma hipócrita da privacidade.

Mas foi então que algo muito chato aconteceu...eu e mais um montão de amigos..fomos demitidos da empresa onde trabalhávamos, e a irônica coincidência é que uma das pessoas que me demitiu estava nas fotos que eu havia postado nos meus álbuns da recente conta aberta do orkut...não deletei a foto imediatamente...isso eu fiz há poucos dias.

Tem mais...depois de toda essa comoção..foi através do Orkut que eu mantive e mantenho contato com muitas pessoas queridas...pois acredito que a internet é um veiculo onde deva ser usado por pessoas que não precisem de máscaras e que a ética precisa ser ressuscitada e não vejo melhor lugar para entender seu significado e praticá-la do que esse para isso acontecer.
Uma história sentida e percebida, simples e puramente por ter sido também vivida.
E depois de terminar a historia..foi num piscar de olhos que a inernet caiu e eu perdi tudo o que havia escrito..então tive que começar tudo de novo...e o resultado é esse aqui...claro que não ficou igual...mas tem o mesmo sentimento isso eu garanto.
Se vai para o site do Orkut? Imagina vem para cá..o meu blog..álias somos contadores de histórias e com essa eu contei mais uma.

3 comentários:

Carlos Tronco disse...

Adorei ler-te. Quando escreves uma historia para mim?
Um dia muito feliz para ti e os teus?
Carlos

Cristiana Fonseca disse...

Olá Selena,
que historia, como é bom voltar neste mundo da escita, das historias.
Estive por alguns dias de férias,voltarei pra ler tuas encantadas postagens.
Beijos,
Cris

tossan disse...

É uma leitura deliciosa a sua! Beijo

Um traço

Um traço
Nada mais
Qualquer gesto
Qualquer moldura
Desmantela tudo
o que este verso traz
Isso aqui é muito simples
Isso aqui não vai entrar em cartaz
É apenas um traço
Nada mais
Altino Filho