sexta-feira, novembro 21, 2008

Captar...


- Poderia ter passado pelo photo- shop , mas preferi deixar as marcas que fazem tua expressão...achei que fosse gostar mais.
"Ele" sabia exatamente o que dizia, pois somente alguém que consegue enxergar e perceber um sentimento também consegue fotografá-lo.
Mas,
O mais encantador dessa história são todos que a compõem, inclusive você... A Tartaruga que em sua forte beleza que se concentra num pequeno e delicado frasco.
O Assovio que tem a sensibilidade de ver e entender quando a coragem é necessária em cada momento.
A cevada quando é transformada e fermentada obtêm sabores diferentes, e apenas um paladar ativo e refinado é capaz de perceber isso
Na altura de um Gigante Cândido ele perde-se na infância...e mesmo quando dormi, leva consigo a vestimenta ingênua e divertida que a criança trás na sua existência.
Sem identidade verdadeira, em brincadeira ela é Paraguaia.
E tem a personalidade definida em bondade, força e clareza.
Entre todos os que observam ele tem uma tranqüilidade que não passa despercebida por ser uma pessoa muito querida.
Uma chegada duvidosa, recente e suspeita, achavam que era espiã. Felizes dos que conhecem sua linda e jovem energia.
Com a educação prá sempre evoluir ela mistura-se na sobriedade exigida, mas nem sempre querida, e faz disso uma opção e não uma obrigação.
Feliz dia, feliz fotografia.
O crédito direto não se faz necessário quando sabemos quem somos, encontrar uma parte de mim em você é muito bom e só falamos do que é bom. Não melhor, apenas bom.
Obrigada meus queridos amigos.

9 comentários:

Anônimo disse...

...E terminar a noite dizendo q fui inspiração? E ter essa sensação de grandeza? ...e me ler aos olhos dos outros? ...e nele me reconhecer então? ...E? ...E? ...E? ...E é... Simples assim...

Carmello Café disse...

Seleníssima, que texto mais enigmático!...
Ese negócio de photoshopar imperfeições é pra quem tem a mente fechada e o coração vendido; ah, se desse pra photoshopar a ignorância e a injustiça... Mas é assim mesmo, somos nossas próprias histórias e nada mais justo que mostrá-las em letras, gestos e expressões, trazendo suas marcas no corpo, no rosto, nos cabelos (ou na falta deles - rsrsrsrs), mas o sorriso, esse nunca muda e, no fim, é o que vale.
Um sorriso, um beijo e até!

Sr do Vale disse...

O Irmão Carmello tem razão, o photoshop seria mais útil à ignorância.

abraços

Tomáz disse...

Mãos se vão e lentamente se aproximam, questionam, insistem, embalam....
Mãos matam, assustam, oprimem....
Mãos são estéreis quando perdidas em meio a burrice que enfastia os corações.
Mãos, as perdidas que balaçam....
Beijos.

Tita disse...

Intenso ! amei Se !!!! Você, um exemplo.
beijosssssss

Ricardo disse...

que turma...!

D.Ramírez disse...

Se passasse pelo photoshop iria estragar o belo.
Prá q tentar deixar algo bonito, se já é?
Aliás, nao so vc na foto, mas o blog, a foto de abertura e tudo aqui.
Besos

UIFPW08 disse...

Obrigado por sua palavras bonitas.
Maurizio

Selena Sartorelo disse...

"Homem das letras e números". E nesse código que não encontro tradução e por minha ignorância não sei seu significado...
Nossas palavras bonitas nos agradecem simplesmente por terem elas sido ditas...

Beijos,
Slena